2
Contactos
Escola Secundária Viriato - Estrada Velha de Abraveses 3510-204 Viseu
232418333 / 966487342

Oferta Formativa

Consulte informações sobre a oferta formativa

Documentos

Consulta e download de documentos e formulários.

Legislação

Consulte a legislação em vigor



 

Mensagem da Diretora 

A formação contínua é um dos pilares essenciais do desenvolvimento dos profissionais da educação, fator determinante para a melhoria do seu desempenho profissional e êxito do processo educativo.

O Centro de Formação VisProf, catalisador por excelência do desenvolvimento profissional docente e não docente, orientará o seu olhar para uma visão do futuro, cada vez mais próximo, e da nova escola que tem urgência em se transformar. A escola que temos hoje, os alunos que temos hoje, exigem mudanças acentuadas na práxis docente e na visão e missão da escola. Não podemos mais pensar que a escola que temos está fechada em si mesma. Os CFAE têm um papel preponderante no entendimento do que é a escola hoje, para romper com a famosa “escola do séc. XIX”.

O futuro não está à porta. O futuro é hoje. É hoje com a discussão da Inteligência Artificial; o uso dos telemóveis na escola; com a prática da sala de aula invertida; com o giz substituído por ferramentas digitais.

É urgente a mudança. Os CFAE têm um papel de primazia nessa mudança. Entendo o Visprof como um Centro de Formação com uma visão do futuro presente, que desenvolve parcerias conducentes à promoção, partilha e divulgação de práticas e saberes inovadores, assumindo-se um Centro de Formação ativo e produtivo. Porque os nossos alunos merecem o futuro presente. Porque os nossos professores e os nossos assistentes vivem esse futuro presente.

Contando com o apoio de todos, valorizando as qualidades de cada um,  teremos no Visprof uma organização de sucesso, onde todos contribuem, porque  

“Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas quem caminha acompanhado chega mais longe” (autor desconhecido).

Florbela Soutinho



*** Plano de Formação 2023/2024 ***

Plano de Formação 2023/2024
Viseu 01 de março de 2024
A Diretora do Visprof
Florbela Soutinho



 

DIVULGAÇÃO

291

POR TI -Programa de Promoção de Bem-estar Mental nas Escolas, workshop para Agentes Educativos
Exclusivo Pessoal não docente Escola Secundaria Viriato

Outro

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Pessoal não docente;

Escola Secundária Viriato

O Bem-Estar é um estado em que nos sentimos bem connosco próprios, com os outros e com a nossa vida, em geral. Quando experienciamos Bem-Estar sentimo-nos bem física e psicologicamente, sentimo-nos em relação com outras pessoas, temos um sentido de controlo e propósito para a nossa vida. O Autocuidado ...
Ler mais Ler menos

Ref. 284Turma 1 Inscrições abertas até 06-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 037 2023/2024

Modalidade: Outro

Duração: 3.0 horas

Início: 08-03-2024

Fim: 08-03-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato

Destinatários

Pessoal não docente;

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Enquadramento

O Bem-Estar é um estado em que nos sentimos bem connosco próprios, com os outros e com a nossa vida, em geral. Quando experienciamos Bem-Estar sentimo-nos bem física e psicologicamente, sentimo-nos em relação com outras pessoas, temos um sentido de controlo e propósito para a nossa vida. O Autocuidado envolve todas as atividades que, regularmente, escolhemos fazer e que ajudam a manter ou melhorar o nosso Bem-estar e Saúde, incluindo a Saúde Psicológica (Ordem dos Psicólogos Portugueses, 2021}. Aquilo que sentimos como Bem-Estar é diferente para cada um de nós e mesmo diferente em nós em diferentes momentos da nossa vida. O nosso estado de Bem-Estar não é permanente e é subjetivo, pelo que é natural passarmos por períodos em que o nosso Bem-Estar é desafiado. Nesses momentos é ainda mais importante cuidarmos de nós e do nosso Bem-Estar. TODAS/OS NÓS ... vivemos momentos difíceis durante a vida. Aprender sobre estratégias de autocuidado reforça a nossa capacidade de lidar com os desafios inesperados que enfrentamos (Ordem dos Psicólogos Portugueses, 2021).

Conteúdos

- Compreender o conceito e as dimensões do bem-estar mental; - Promover a literacia emocional; - Promover estratégias de regulação emocional adaptativas a nível individual e interpessoal; - Sensibilizar para a importância da procura de ajuda para si e para os outros, quando necessário.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 08-03-2024 (Sexta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
292

POR TI -Programa de Promoção de Bem-estar Mental nas Escolas, workshop para Agentes Educativos
Exclusivo docentes Escola Secundaria Viriato

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Escola Secundária Viriato

O Bem-Estar é um estado em que nos sentimos bem connosco próprios, com os outros e com a nossa vida, em geral. Quando experienciamos Bem-Estar sentimo-nos bem física e psicologicamente, sentimo-nos em relação com outras pessoas, temos um sentido de controlo e propósito para a nossa vida. O Autocuidado ...
Ler mais Ler menos

Ref. 285Turma 1 Inscrições abertas até 06-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 038 2023/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 08-03-2024

Fim: 08-03-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Enquadramento

O Bem-Estar é um estado em que nos sentimos bem connosco próprios, com os outros e com a nossa vida, em geral. Quando experienciamos Bem-Estar sentimo-nos bem física e psicologicamente, sentimo-nos em relação com outras pessoas, temos um sentido de controlo e propósito para a nossa vida. O Autocuidado envolve todas as atividades que, regularmente, escolhemos fazer e que ajudam a manter ou melhorar o nosso Bem-estar e Saúde, incluindo a Saúde Psicológica (Ordem dos Psicólogos Portugueses, 2021}. Aquilo que sentimos como Bem-Estar é diferente para cada um de nós e mesmo diferente em nós em diferentes momentos da nossa vida. O nosso estado de Bem-Estar não é permanente e é subjetivo, pelo que é natural passarmos por períodos em que o nosso Bem-Estar é desafiado. Nesses momentos é ainda mais importante cuidarmos de nós e do nosso Bem-Estar. TODAS/OS NÓS ... vivemos momentos difíceis durante a vida. Aprender sobre estratégias de autocuidado reforça a nossa capacidade de lidar com os desafios inesperados que enfrentamos (Ordem dos Psicó

Conteúdos

- Compreender o conceito e as dimensões do bem-estar mental; - Promover a literacia emocional; - Promover estratégias de regulação emocional adaptativas a nível individual e interpessoal; - Sensibilizar para a importância da procura de ajuda para si e para os outros, quando necessário.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 08-03-2024 (Sexta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
273

Promoção da Saúde Mental em Meio Escolar - I

Curso

 

12.0 horas

 

Presencial

 

Professores dos Grupos 100, 110, 910, 920 e 930

Escola Superior de Saúde

A promoção da saúde mental, assente no desenvolvimento de competências socioemocionais, é, segundo o Programa Nacional de Saúde Escolar (PNSE), o pi¬lar da capacitação de crianças e jovens em promoção e educação para a saúde, assim como fator coadjuvante do sucesso escolar. Assim, considera-se que os ...
Ler mais Ler menos

Ref. 268Turma 1 Inscrições abertas até 07-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-122488/24

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 12.0 horas

Início: 11-03-2024

Fim: 19-03-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Superior de Saúde

Formador

Sónia Patricia Teixeira da Silva Alves

Amadeu Matos Gonçalves

Maria Isabel Bica Carvalho

Sofia Margarida Guedes de Campos

Destinatários

Professores dos Grupos 100, 110, 910, 920 e 930

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 100, 110, 910, 920 e 930. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A promoção da saúde mental, assente no desenvolvimento de competências socioemocionais, é, segundo o Programa Nacional de Saúde Escolar (PNSE), o pi¬lar da capacitação de crianças e jovens em promoção e educação para a saúde, assim como fator coadjuvante do sucesso escolar. Assim, considera-se que os educadores e professores são modelos de referência no domínio da relação com os alunos e com a restante comunidade educativa, pelo que se torna imprescindível dotá-los de um conjunto de conhecimentos, atitudes e competências que lhes permitam contribuir para a promoção da saúde, do bem-estar mental e do sucesso educativo de todos os seus alunos.

Objetivos

Após a formação, os educadores e professores deverão ser capazes de: Se posicionar como agentes promotores da saúde, do bem-estar mental e do sucesso educativo através do desenvolvimento das competências socioemocionais; Ajudar os alunos a desenvolverem competências socioemocionais eficazes e a compreenderem o seu próprio comportamento. Partir da análise crítica das suas atitudes e práticas educativas para promover uma intervenção fundamentada nos modelos baseados na evidência científica, usando os resul¬tados da avaliação para justificar decisões;Criar e utilizar ferramentas, materiais, instrumentos e linhas orientadoras de boas práticas e agilizar a implementação das mesmas, de forma sistemática, no âmbito da saúde mental dos alunos, incluindo alunos com necessidades educativas especiais.

Conteúdos

Saúde Mental em Meio Escolar • Definição de saúde mental; saúde mental e bem-estar emocional; • Literacia emocional, promoção da saúde e coping; • Saúde mental e competências socioemocionais (lidar com emoções, sentimentos e situações difíceis; comunicação e relacionamento interpessoal; resolução de problemas e situações de conflito; capacidade de escuta e entreajuda; lidar com as mudanças e as perdas); • Bullying e violência na escola; • Fatores protetores da saúde mental (resiliência, autorregulação, relacionamento com família, pares, contexto escolar, competências pessoais e sociais). Boas práticas: apresentação, critérios de apreciação e seleção • Como selecionar estratégias para o enquadramento da promoção da saúde mental na atividade do educador/professor de educação especial. • Ferramentas, instrumentos, materiais e planificações para o trabalho autónomo: apresentação, critérios de análise e práticas a reter. • Como envolver a família: boas práticas e relatos do impacto na dinâmica familiar. • Pontos a reter com vista a um trabalho continuado. • Avaliação da eficácia da formação

Metodologias

Sessões presenciais teórico-práticas. Metodologias ativas e participativas. Avaliação, discussão e disseminação de boas práticas. Sistematização de conclusões para adoção de instrumentos e práticas. Consolidação de conceitos fundamentais.

Avaliação

A avaliação dos formandos será feita tendo em conta os fatores: 1 – Participação 40% 2 – Teste/Trabalho final 60% O referencial da escala de avaliação é o previsto no n.º 2 do artigo 46º do Estatuto da Carreira Docente, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 15/2017, de 19 de janeiro: • Excelente – de 9 a 10 valores; • Muito Bom – de 8 a 8,9 valores; • Bom – de 6,5 a 7,9 valores; • Regular – de 5 a 6,4 valores; • Insuficiente - de 1 a 4,9 valores.

Bibliografia

• Programa Nacional de Saúde Escolar. Lisboa: DGS, 2015• Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar. Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação (DGE). 2016• Canha, L., e Neves, S. (2008). Promoção de Competências Pessoais e Sociais, Desenvolvimento de um Modelo Adaptado a crianças e jovens com deficiência, Manual. Associação de Paralisia Cerebral de Odemira: Instituto Nacional para a Reabilitação• Matos, M. (1998). Comunicação, gestão de conflitos na escola. Lisboa: CDI/FMH/UTL., pág. 75• Manual para a Promoção de Competências Sócio emocionais em meio escolar. Lisboa: DGS, 2016.

Anexo(s)

Cartaz divulgação


Observações

Critérios de seleção: 1 - Docentes das escolas associadas do Visprof; 2 - Docentes de outras escolas; Em cada critério, por ordem de inscrição.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 11-03-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 12-03-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
3 18-03-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
4 19-03-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
285

Princípios que norteiam o MEM (Movimento da Escola Moderna)

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Agrupamento Escolas Infante D.Henrique


Ler mais Ler menos

Ref. 278Turma 1 Inscrições abertas até 07-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 032 2023/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 11-03-2024

Fim: 11-03-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Infante D.Henrique

Formador

Catarina Isabel Machado Baranda Vasconcelos

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 11-03-2024 (Segunda-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
293

Diabetes tipo I e Epilepsia na Escola
Exclusivo docentes Escola Secundaria Viriato

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Sala reuniões Centro de Saúde Viseu III

A adolescência é um momento único, que molda as pessoas para a vida adulta. Enquanto a maioria dos adolescentes tem saúde, múltiplas mudanças físicas, emocionais, sociais e patologias, podem tornar os adolescentes vulneráveis a condições de saúde mental e física. Com esta ação pretende-se aumentar a ...
Ler mais Ler menos

Ref. 286Turma 1 Inscrições abertas até 11-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 039 2023/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 13-03-2024

Fim: 13-03-2024

Regime: Presencial

Local: Sala reuniões Centro de Saúde Viseu III

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Enquadramento

A adolescência é um momento único, que molda as pessoas para a vida adulta. Enquanto a maioria dos adolescentes tem saúde, múltiplas mudanças físicas, emocionais, sociais e patologias, podem tornar os adolescentes vulneráveis a condições de saúde mental e física. Com esta ação pretende-se aumentar a literacia em saúde, nas diferentes Necessidades de Saúde Especiais (NSE) nomeadamente acerca da Diabetes tipo I e da Epilepsia, no pessoal docente e não docente.

Conteúdos

Diabetes Mellitus tipo I e a escola, monitorização da glicémia, hidratos de carbono, hipoglicémia e hiperglicemia (com respetivos algoritmos). Crise epilética VS epilepsia, fatores desencadeantes, tipos de crise, tratamento, a epilepsia e a escola.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 13-03-2024 (Quarta-feira) 15:00 - 18:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
294

Diabetes tipo I e Epilepsia na Escola
Exclusivo Pessoal não docente Escola Secundaria Viriato

Outro

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Pessoal não docente;

Sala reuniões Centro de Saúde Viseu III

A adolescência é um momento único, que molda as pessoas para a vida adulta. Enquanto a maioria dos adolescentes tem saúde, múltiplas mudanças físicas, emocionais, sociais e patologias, podem tornar os adolescentes vulneráveis a condições de saúde mental e física. Com esta ação pretende-se aumentar a ...
Ler mais Ler menos

Ref. 287Turma 1 Inscrições abertas até 11-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 040 2023/2024

Modalidade: Outro

Duração: 3.0 horas

Início: 13-03-2024

Fim: 13-03-2024

Regime: Presencial

Local: Sala reuniões Centro de Saúde Viseu III

Destinatários

Pessoal não docente;

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Enquadramento

A adolescência é um momento único, que molda as pessoas para a vida adulta. Enquanto a maioria dos adolescentes tem saúde, múltiplas mudanças físicas, emocionais, sociais e patologias, podem tornar os adolescentes vulneráveis a condições de saúde mental e física. Com esta ação pretende-se aumentar a literacia em saúde, nas diferentes Necessidades de Saúde Especiais (NSE) nomeadamente acerca da Diabetes tipo I e da Epilepsia, no pessoal docente e não docente.

Conteúdos

Diabetes Mellitus tipo I e a escola, monitorização da glicémia, hidratos de carbono, hipoglicémia e hiperglicemia (com respetivos algoritmos). Crise epilética VS epilepsia, fatores desencadeantes, tipos de crise, tratamento, a epilepsia e a escola.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 13-03-2024 (Quarta-feira) 15:00 - 18:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

VI Encontro de Centros Qualifica: Encaminhamentos e Testemunhos

ACD

 

4.0 horas

 

Presencial

 

Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Auditório da Escola Secundária Alves Martins


Ler mais Ler menos

Ref. 282Turma 1 Inscrições abertas até 11-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 036 2023/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 4.0 horas

Início: 15-03-2024

Fim: 15-03-2024

Regime: Presencial

Local: Auditório da Escola Secundária Alves Martins

Formador

Carla Susana Tavares Santiago Monteiro

Destinatários

Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Objetivos

Os Centros Qualifica são centros especializados em qualificação de adultos, vocacionados para a informação, o aconselhamento e o encaminhamento para ofertas de educação e formação profissional de adultos com idade igual ou superior a 18 anos que procuram uma qualificação. No âmbito do sistema nacional de qualificações, os Centros Qualifica assumem um papel chave ao contribuir para aumentar os níveis de qualificação e melhorar a empregabilidade da população adulta, dotando-a de mais e melhores competências ajustadas às necessidades do mercado de trabalho e de desenvolvimento pessoal, numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida. São atribuições dos Centros: a) A informação, a orientação e o encaminhamento de candidatos, designadamente para ofertas de ensino e formação profissionais, tendo por base as diferentes modalidades de qualificação e procurando adequar as ofertas existentes aos perfis, necessidades, motivações e expectativas dos candidatos e às dinâmicas do mercado de trabalho; b) O reconhecimento, validação e certificação das competências desenvolvidas pelos adultos ao longo da vida por vias formais, informais e não formais, de âmbito escolar, com base nos referenciais do Catálogo Nacional de Qualificações; c) O desenvolvimento de ações de informação e de divulgação dirigidas a jovens e adultos, a empresas e outros empregadores, sobre as ofertas de educação e formação profissional disponíveis e sobre a relevância da aprendizagem ao longo da vida; d) A dinamização e participação em redes de parceria de base territorial que contribuam, no âmbito da educação e formação profissional, para uma intervenção mais integrada e consistente, na identificação de necessidades concretas de qualificação e na organização de respostas úteis para as populações, designadamente que facilitem a sinalização e identificação dos jovens que estão fora do sistema de educação e formação e promovam o seu encaminhamento para respostas de qualificação adequadas; e) A monitorização do percurso dos candidatos encaminhados para ofertas de qualificação. A valorização do capital humano é uma vantagem competitiva, por isso destaca-se a necessidade de aumentar a taxa de participação dos adultos na aprendizagem ao longo da vida e a inovação nos sistemas de ensino e formação. Na sequência do contexto atual, as práticas inovadoras devem, não só dotar os trabalhadores das competências adequadas para os mercados de trabalho em rápida mudança, mas também capacitar a força de trabalho atual e futura com a criatividade e as competências necessárias para responder à crescente complexidade dos desafios profissionais. O desenvolvimento de novas práticas educativas e formativas exigem uma abordagem mais global no sentido de promover a aprendizagem e a cooperação estratégica europeia, contribuindo assim para o crescimento sustentável, o emprego de qualidade, a coesão social e o reforço da identidade europeia. Os participantes, professores, alunos, técnicos, terão a oportunidade de partilhar práticas, estimulando o pensamento divergente, de refletir sobre a importância de transformar a diversidade cultural em oportunidades de crescimento e de aprender em contextos não formais, informais e formais. O contacto com realidades diferentes tenderá a promover a cooperação, a inclusão, a tolerância e a criatividade e inovação.

Conteúdos

1-Centros Qualifica: Encaminhamentos e Testemunhos 1.1. Potencialidades dos Centros Qualifica e âmbito de atuação; 1.2. Partilha de boas práticas; 1.3. Novas abordagens à Educação e Formação de Adultos.


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes da Escola Secundária Alves Martins 2- Docentes de outras escolas

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 15-03-2024 (Sexta-feira) 09:30 - 13:30 4:00 Presencial

INSCREVER-ME
295

Bandeiras Vermelhas na Adolescência e Professores-Salvadores
Exclusivo docentes Escola Secundaria Viriato

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Escola Secundária Viriato

O stresse é um componente normativo no exercício de qualquer profissão, uma resposta eminentemente adaptativa na interação com o meio ambiente, resultante do desequilíbrio entre a perceção aumentada das exigências situacionais e a insuficiência dos recursos percecionados pelo próprio para enfrentar a ...
Ler mais Ler menos

Ref. 288Turma 1 Inscrições abertas até 08-04-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 041 2023/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 10-04-2024

Fim: 10-04-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato

Formador

Mariana Linharelhos Fernandes

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Enquadramento

O stresse é um componente normativo no exercício de qualquer profissão, uma resposta eminentemente adaptativa na interação com o meio ambiente, resultante do desequilíbrio entre a perceção aumentada das exigências situacionais e a insuficiência dos recursos percecionados pelo próprio para enfrentar a situação, colocando em risco o seu bem-estar. O burnout ou síndrome de esgotamento profissional é um tipo específico de stresse ocupacional, ou seja, de stresse provocado pelo trabalho. Caracteriza-se, sobretudo, pela exaustão emocional e pela diminuição do envolvimento pessoal no trabalho. A autocompaixão significa cuidar de si próprio e tratar-se com gentileza em situações difíceis, gerando um equilíbrio emocional promotor de uma melhor gestão de sentimentos e das circunstâncias que os rodeiam e favorecem o otimismo e a satisfação com a vida. Com esta ação pretende-se estimular o autocuidado e a autocompaixão no pessoal docente e não docente.

Conteúdos

- Adolescência e dificuldades de regulação emocional na adolescência; - Desafios mais comuns: depressão, ansiedade social, comportamento desviante; - Encaminhamento de casos e intervenções em contexto de sala de aula; - Identificação de risco e sintomas de burnout; - Intervenções dirigidas para profissionais do burnout; - Estratégias de autocuidado.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 10-04-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
296

Bandeiras Vermelhas na Adolescência e Professores-Salvadores
Exclusivo Pessoal não docente Escola Secundaria Viriato

Outro

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Pessoal não docente;

Escola Secundária Viriato

O stresse é um componente normativo no exercício de qualquer profissão, uma resposta eminentemente adaptativa na interação com o meio ambiente, resultante do desequilíbrio entre a perceção aumentada das exigências situacionais e a insuficiência dos recursos percecionados pelo próprio para enfrentar a ...
Ler mais Ler menos

Ref. 289Turma 1 Inscrições abertas até 08-04-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 042 2023/2024

Modalidade: Outro

Duração: 3.0 horas

Início: 10-04-2024

Fim: 10-04-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato

Formador

Mariana Linharelhos Fernandes

Destinatários

Pessoal não docente;

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Enquadramento

O stresse é um componente normativo no exercício de qualquer profissão, uma resposta eminentemente adaptativa na interação com o meio ambiente, resultante do desequilíbrio entre a perceção aumentada das exigências situacionais e a insuficiência dos recursos percecionados pelo próprio para enfrentar a situação, colocando em risco o seu bem-estar. O burnout ou síndrome de esgotamento profissional é um tipo específico de stresse ocupacional, ou seja, de stresse provocado pelo trabalho. Caracteriza-se, sobretudo, pela exaustão emocional e pela diminuição do envolvimento pessoal no trabalho. A autocompaixão significa cuidar de si próprio e tratar-se com gentileza em situações difíceis, gerando um equilíbrio emocional promotor de uma melhor gestão de sentimentos e das circunstâncias que os rodeiam e favorecem o otimismo e a satisfação com a vida. Com esta ação pretende-se estimular o autocuidado e a autocompaixão no pessoal docente e não docente.

Conteúdos

- Adolescência e dificuldades de regulação emocional na adolescência; - Desafios mais comuns: depressão, ansiedade social, comportamento desviante; - Encaminhamento de casos e intervenções em contexto de sala de aula; - Identificação de risco e sintomas de burnout; - Intervenções dirigidas para profissionais do burnout; - Estratégias de autocuidado.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 10-04-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME


Informação: Sempre que haja necessidade de nos contactar, agradecemos que use os números de telemóvel indicados aqui