OFERTA FORMATIVA

Ref. 218Turma 1 Inscrições Fechadas

Registo de acreditação: ACD 024 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 4.0 horas

Início: 31-05-2023

Fim: 31-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato, Viseu

Formador

Dina Maria de Oliveira Soares

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A implementação da Autonomia e Flexibilidade Curricular dos ensinos básico e secundário (Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho) dá às escolas a possibilidade de romper parcialmente com as regras de uma gramática escolar secular, experimentando formas alternativas de organização curricular, como sendo a criação de Domínios de Autonomia Curricular (DAC), entre outras possibilidades. Os DAC assumem particular relevo como “áreas de confluência de trabalho interdisciplinar e ou de articulação curricular…”(Decreto-Lei n.º 55/2018). A operacionalização dos DAC exige um trabalho de planificação que permita uma verdadeira integração curricular e promova aprendizagens significativas para todos os alunos, desenvolvendo nestes a autonomia, o espírito crítico, a criatividade... Assim, pretende-se a adoção de práticas pedagógicas capazes de promover uma maior implicação dos alunos nas aprendizagens a realizar, como sendo a metodologia de projeto, (a Metodologia de Trabalho de Projeto está associada a uma visão interdisciplinar e transdisciplinar do saber e adquire sentido na experiência do aluno, (Oliveira, 2016); o trabalho prático e experimental; atividades cooperativas de aprendizagem. A dinâmica transdisciplinar e a possibilidade de uso de diferentes linguagens artísticas podem constituir recursos essenciais para a operacionalização dos DAC. Nesta perspetiva, pretende-se criar um espaço de reflexão para capacitar os docentes para o desenvolvimento desta opção curricular prevista na legislação, mobilizando o poder indisciplinador das artes e dos patrimónios, inquietando, desarrumando e pondo em causa a ordem e certezas habituais, criando espaços de liberdade para a construção pessoal e coletiva: lugares e tempos de questionamento e abertura.

Conteúdos

Reflexão sobre a importância da implementação de Domínios de Autonomia Curricular (DAC) no contexto da legislação em vigor; Princípios para a planificação e concretização de DAC; Pedagogia de projeto na construção dos DAC – Exposição das diferentes possibilidades e exemplos de casos práticos; O poder educativo das artes e dos patrimónios como facilitador dos trabalhos por DAC; Trabalho prático: Planeamento de DAC em equipas de aprendizagem cooperativa, partindo das artes e dos patrimónios; Partilha e considerações sobre o trabalho desenvolvido.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 31-05-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 18:30 4:00 Presencial

Ref. 222Turma 4 Inscrições Fechadas

Registo de acreditação: ACD 026 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 31-05-2023

Fim: 31-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato – Biblioteca

Formador

Amandio de Carvalho Marques

Destinatários

Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A necessidade da criação e evolução de ferramentas que dessem suporte a novas e mais eficientes formas no processo ensino/aprendizagem e da colaboração em rede. Através da sua integração com o Microsoft Office 365, o Microsoft Teams tornou-se uma das mais populares ferramentas de colaboração, integrando num mesmo produto capacidades de conversa, chamadas, videoconferências, partilha de arquivos, trabalho colaborativo completo, etc. No final da ação os participantes deverão ser capazes de: – identificar diferentes modalidades de experiência de uso do Microsoft Teams – identificar as capacidades dos diferentes perfis de utilizadores – criar e gerir equipas e seus respetivos utilizadores – organizar conversas em canais – criar, agendar e gerir videochamadas e reuniões com múltiplos utilizadores – criar, gerir e trabalhar colaborativamente em documentos – selecionar e utilizar apps facultativas para a ampliação de funcionalidades do Microsoft Teams – usar atalhos e personalizar a plataforma – usar a versão móvel do Microsoft Teams

Conteúdos

– Conceito de Ferramenta de Apoio ao processo de ensino/aprendizagem; – Aceder ao Microsoft Teams em diferentes dispositivos; – Comandos e funções básicas do Microsoft Teams; – Criar equipas e gerir os seus participantes; – Criar canais públicos e privados; – Gerir/partilhar informação no Microsoft Teams (OneDrive, partilha de ficheiros, permissões de partilha); – Formas de comunicação síncrona (chat, partilha de ecrã, chamada com e sem vídeo); – Criar reuniões/aulas síncronas no Microsoft Teams; – Submeter tarefas (Questionários, Formulários e outras) aos alunos; – Consultar atividade;


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 31-05-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 126Turma 3 Adiada

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-113623/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 07-06-2023

Fim: 28-06-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Infante D.Henrique

Formador

Paulo Nuno Marques da Costa Antunes França

Destinatários

Professores dos grupos 230, 420, 500, 510 e 520

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 230, 420, 500, 510 e 520. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 230, 420, 500, 510 e 520.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF

Anexo(s)

AN2


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-06-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
2 14-06-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
3 21-06-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
4 28-06-2023 (Quarta-feira) 09:00 - 12:30 3:30 Presencial
5 28-06-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial


194

Ref. 219Turma 1 Inscrições abertas até 03-06-2023 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 025 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 07-06-2023

Fim: 07-06-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Infante D. Henrique - Viseu

Formador

Dina Maria de Oliveira Soares

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A implementação da Autonomia e Flexibilidade Curricular dos ensinos básico e secundário (Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho) dá às escolas a possibilidade de romper parcialmente com as regras de uma gramática escolar secular, experimentando formas alternativas de organização curricular, como sendo a criação de Domínios de Autonomia Curricular (DAC), entre outras possibilidades. Os DAC assumem particular relevo como “áreas de confluência de trabalho interdisciplinar e ou de articulação curricular…”(Decreto-Lei n.º 55/2018). A operacionalização dos DAC exige um trabalho de planificação que permita uma verdadeira integração curricular e promova aprendizagens significativas para todos os alunos, desenvolvendo nestes a autonomia, o espírito crítico, a criatividade... Assim, pretende-se a adoção de práticas pedagógicas capazes de promover uma maior implicação dos alunos nas aprendizagens a realizar, como sendo a metodologia de projeto, (a Metodologia de Trabalho de Projeto está associada a uma visão interdisciplinar e transdisciplinar do saber e adquire sentido na experiência do aluno, (Oliveira, 2016); o trabalho prático e experimental; atividades cooperativas de aprendizagem. A dinâmica transdisciplinar e a possibilidade de uso de diferentes linguagens artísticas podem constituir recursos essenciais para a operacionalização dos DAC. Nesta perspectiva, pretende-se criar um espaço de reflexão para capacitar os docentes para o desenvolvimento desta opção curricular prevista na legislação, mobilizando o poder indisciplinador das artes e dos patrimónios, inquietando, desarrumando e pondo em causa a ordem e certezas habituais, criando espaços de liberdade para a construção pessoal e coletiva: lugares e tempos de questionamento e abertura.

Conteúdos

Reflexão sobre a importância da implementação de Domínios de Autonomia Curricular (DAC) no contexto da legislação em vigor; Princípios para a planificação e concretização de DAC; Pedagogia de projeto na construção dos DAC – Exposição das diferentes possibilidades e exemplos de casos práticos; O poder educativo das artes e dos patrimónios como facilitador dos trabalhos por DAC; Trabalho prático: Planeamento de DAC em equipas de aprendizagem cooperativa, partindo das artes e dos patrimónios; Partilha e considerações sobre o trabalho desenvolvido.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-06-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

Ref. 220Turma 1 Inscrições Fechadas

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117168/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 07-07-2023

Fim: 13-07-2023

Regime: Presencial

Local: Sala de Reuniões do Centro de Saúde Viseu 3

Destinatários

Docentes dos Grupos 100 e 110

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes dos Grupos 100 e 110. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes dos Grupos 100 e 110.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A promoção da saúde em meio escolar, assente nos princípios das EPS (Escolas Promotoras da Saúde - equidade, sustentabilidade, participação democrática, educação inclusiva e empowerment de toda a comunidade educativa para a saúde e o bem-estar) e numa metodologia de trabalho por projeto, tem como ponto de partida as necessidades reais da população escolar, desenvolve processos de ensino e aprendizagem que melhoram os resultados académicos e contribui para elevar o nível de literacia para a saúde e melhorar o estilo de vida da comunidade educativa.

Objetivos

• Promover a literacia e aprendizagem de habilidades em primeiros socorros e SBV. • Aumentar o conhecimento sobre o sono e principais funções. • Promover o conhecimento das alterações físicas, psicológicas e sociais ao longo do ciclo de vida; estimular o desenvolvimento de atitudes positivas face à sexualidade; promover a aprendizagem de comportamentos sexuais responsáveis ao nível pessoal e social; potenciar a capacidade de proteção individual e de grupo. • Contribuir para um ambiente promotor da saúde em meio escolar no que concerne à alimentação; • Promover a literacia na comunidade escolar sobre Comportamentos Aditivos e Dependências com e sem substância, capacitando-a para a tomada de decisões informadas.

Conteúdos

• Acidentes e primeiros socorros nas escolas; acidentes nas escolas; cadeia de sobrevivência; SBV adulto e pediátrico; desobstrução da via aérea; posição lateral de segurança; risco para o reanimador (9 horas). • Educação sexual em meio escolar; sexualidade na deficiência; maus tratos infantis e formas de proteção dos direitos das crianças; bullying e ciberbullying; emoções e sentimentos (7 horas). • Importância da dieta mediterrânica como fator protetor da saúde e bem-estar, o sono, a regulação do apetite e controlo de peso, relação entre estilos de vida e taxas de mortalidade/morbilidade, a refeição como elo protetor das relações familiares (3 horas). • Crono biologia e fisiologia do sono; interferência do sono no bem-estar físico, cognitivo e mental; influência do sono no sucesso escolar, fatores precipitantes de má higiene do sono; patologias do sono; fatores protetores da higiene do sono (3 horas). • Desmistificar e corrigir ideias erradas sobre o uso e consumo de substâncias licitas e ilícitas; desenvolver uma maior consciência sobre a importância da literacia em comportamentos aditivos e dependências; identificar comportamentos aditivos e dependências relacionados com substâncias como o álcool, tabaco, e sem substâncias – uso da internet e jogo (3 horas).

Metodologias

As metodologias e estratégias/técnicas pedagógicas a utilizar foram selecionadas tendo em conta os objetivos e conteúdos da formação, contexto da formação (população alvo e aspetos do saber a transmitir), necessidades dos formadores e formandos, tempo disponível e recursos materiais. As sessões a realizar serão 25 horas teórico-práticas utilizando os seguintes métodos e técnicas: Métodos: • Método expositivo, • Método interrogativo (técnica de perguntas abertas, fechadas e de escolha orientada), • Método demonstrativo (técnica do “T.W.I.” – training within industry); • Métodos ativos. Técnicas: • Técnica de trabalho de grupo, • Brainstorming, • Estudo de casos, • Role playing.

Avaliação

Consideramos importante a realização de uma ação avaliativa realizada no início de qualquer processo de aprendizagem, cuja função será obter informações sobre os conhecimentos, aptidões e competências dos formandos enquanto pré-requisitos para futuras ações pedagógicas. Neste sentido, pretendemos realizar uma: • Avaliação diagnóstica: serão colocadas questões aos formandos, com resposta voluntária, a fim de averiguar os seus conhecimentos acerca das temáticas a debater; • Avaliação formativa: realizada ao longo da exposição dos conteúdos através de questões pontuais; • Avaliação sumativa: aplicação de testes teórico práticos (os formandos que atingirem uma classificação igual ou superior a dez valores concluem a formação com aproveitamento). A avaliação trata-se de um exame sistemático e objetivo de uma formação, que contemple o seu desempenho, implementação e resultados, com vistas à determinação da sua eficiência, efetividade, impacto e relevância de objetivos. O propósito da avaliação é guiar os formadores, orientando-os quanto à continuidade, necessidade de correções ou mesmo suspensão de uma determinada política ou programa.

Bibliografia

European Resuscitation Council. (outubro de 2015). Resuscitation. Elsevier.Gomes, M. P. (2015). Qualidade do sono, higiene do sono, crenças disfuncionais sobre o sono, e temperamento em adolescentes – Estudo exploratório com adolescentes entre os 13 e os 19 anos. Mestrado integrado em Psicologia. Universidade de Lisboa. Acedido em: http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/20409/1/ulfpie047426_tm.pdf.Programa Nacional para a Promoção de Alimentação Saudável, DGS, 2017. Acedido em: https://www.alimentacaosaudavel.dgs.pt/activeapp/wp-content/files_mf/1507564169PNPAS_DGS2017.pdf.Portaria nº 196-A/2010. (2010, abril 9). Regulamenta a Lei n.º 60/2009, de 6 de Agosto, que estabelece o regime de aplicação da educação sexual em meio escolar. [Portugal]. Diário da República, I (69), pp. 1170-(2) a 1170-(4). Acedido em. https://dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/388625/details/normal?q=portaria+196-A%2F2010.Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (2021). Estudo sobre o consumo de álcool, tabaco, drogas e outros comportamentos aditivos e dependências – 2019


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-07-2023 (Sexta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
2 10-07-2023 (Segunda-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
3 11-07-2023 (Terça-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
4 11-07-2023 (Terça-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
5 12-07-2023 (Quarta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
6 12-07-2023 (Quarta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial
7 13-07-2023 (Quinta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
8 13-07-2023 (Quinta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 221Turma 1 Inscrições Fechadas

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117167/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 14-07-2023

Fim: 20-07-2023

Regime: Presencial

Local: Sala de Reuniões do Centro de Saúde Viseu 3

Destinatários

Professores dos 2º e 3º Ciclos do ensino básico

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos 2º e 3º Ciclos do ensino básico. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A promoção da saúde em meio escolar, assente nos princípios das EPS (Escolas Promotoras da Saúde - equidade, sustentabilidade, participação democrática, educação inclusiva e empowerment de toda a comunidade educativa para a saúde e o bem-estar) e numa metodologia de trabalho por projeto, tem como ponto de partida as necessidades reais da população escolar, desenvolve processos de ensino e aprendizagem que melhoram os resultados académicos e contribui para elevar o nível de literacia para a saúde e melhorar o estilo de vida da comunidade educativa.

Objetivos

• Promover a literacia e aprendizagem de habilidades em primeiros socorros e SBV. • Aumentar o conhecimento sobre o sono e principais funções. • Promover o conhecimento das alterações físicas, psicológicas e sociais ao longo do ciclo de vida; estimular o desenvolvimento de atitudes positivas face à sexualidade; promover a aprendizagem de comportamentos sexuais responsáveis ao nível pessoal e social; potenciar a capacidade de proteção individual e de grupo. • Contribuir para um ambiente promotor da saúde em meio escolar no que concerne à alimentação; • Promover a literacia na comunidade escolar sobre Comportamentos Aditivos e Dependências com e sem substância, capacitando-a para a tomada de decisões informadas

Conteúdos

• Acidentes e primeiros socorros nas escolas; acidentes nas escolas; cadeia de sobrevivência; SBV adulto e pediátrico; desobstrução da via aérea; posição lateral de segurança; risco para o reanimador (9 horas). • Educação sexual em meio escolar; sexualidade na deficiência; maus tratos infantis e formas de proteção dos direitos das crianças; bullying e ciberbullying; emoções e sentimentos (7 horas). • Importância da dieta mediterrânica como fator protetor da saúde e bem-estar, o sono, a regulação do apetite e controlo de peso, relação entre estilos de vida e taxas de mortalidade/morbilidade, a refeição como elo protetor das relações familiares (3 horas). • Crono biologia e fisiologia do sono; interferência do sono no bem-estar físico, cognitivo e mental; influência do sono no sucesso escolar, fatores precipitantes de má higiene do sono; patologias do sono; fatores protetores da higiene do sono (3 horas). • Desmistificar e corrigir ideias erradas sobre o uso e consumo de substâncias licitas e ilícitas; desenvolver uma maior consciência sobre a importância da literacia em comportamentos aditivos e dependências; identificar comportamentos aditivos e dependências relacionados com substâncias como o álcool, tabaco, e sem substâncias – uso da internet e jogo (3 horas).

Metodologias

As metodologias e estratégias/técnicas pedagógicas a utilizar foram selecionadas tendo em conta os objetivos e conteúdos da formação, contexto da formação (população alvo e aspetos do saber a transmitir), necessidades dos formadores e formandos, tempo disponível e recursos materiais. As sessões a realizar serão 25 horas teórico-práticas utilizando os seguintes métodos e técnicas: Métodos: • Método expositivo, • Método interrogativo (técnica de perguntas abertas, fechadas e de escolha orientada), • Método demonstrativo (técnica do “T.W.I.” – training within industry); • Métodos ativos. Técnicas: • Técnica de trabalho de grupo, • Brainstorming, • Estudo de casos, • Role playing.

Avaliação

Consideramos importante a realização de uma ação avaliativa realizada no início de qualquer processo de aprendizagem, cuja função será obter informações sobre os conhecimentos, aptidões e competências dos formandos enquanto pré-requisitos para futuras ações pedagógicas. Neste sentido, pretendemos realizar uma: • Avaliação diagnóstica: serão colocadas questões aos formandos, com resposta voluntária, a fim de averiguar os seus conhecimentos acerca das temáticas a debater; • Avaliação formativa: realizada ao longo da exposição dos conteúdos através de questões pontuais; • Avaliação sumativa: aplicação de testes teórico práticos (os formandos que atingirem uma classificação igual ou superior a dez valores concluem a formação com aproveitamento). A avaliação trata-se de um exame sistemático e objetivo de uma formação, que contemple o seu desempenho, implementação e resultados, com vistas à determinação da sua eficiência, efetividade, impacto e relevância de objetivos. O propósito da avaliação é guiar os formadores, orientando-os quanto à continuidade, necessidade de correções ou mesmo suspensão de uma determinada política ou programa.

Bibliografia

European Resuscitation Council. (outubro de 2015). Resuscitation. Elsevier.Gomes, M. P. (2015). Qualidade do sono, higiene do sono, crenças disfuncionais sobre o sono, e temperamento em adolescentes – Estudo exploratório com adolescentes entre os 13 e os 19 anos. Mestrado integrado em Psicologia. Universidade de Lisboa. Acedido em: http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/20409/1/ulfpie047426_tm.pdf.Programa Nacional para a Promoção de Alimentação Saudável, DGS, 2017. Acedido em: https://www.alimentacaosaudavel.dgs.pt/activeapp/wp-content/files_mf/1507564169PNPAS_DGS2017.pdf.Portaria nº 196-A/2010. (2010, abril 9). Regulamenta a Lei n.º 60/2009, de 6 de Agosto, que estabelece o regime de aplicação da educação sexual em meio escolar. [Portugal]. Diário da República, I (69), pp. 1170-(2) a 1170-(4). Acedido em. https://dre.pt/web/guest/pesquisa/-/search/388625/details/normal?q=portaria+196-A%2F2010.Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (2021). Estudo sobre o consumo de álcool, tabaco, drogas e outros comportamentos aditivos e dependências – 2019 (ECATD.CAD/2019). Lisboa.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 14-07-2023 (Sexta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
2 17-07-2023 (Segunda-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
3 18-07-2023 (Terça-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
4 18-07-2023 (Terça-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
5 19-07-2023 (Quarta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
6 19-07-2023 (Quarta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial
7 20-07-2023 (Quinta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial
8 20-07-2023 (Quinta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 190Turma1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-107083/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 26.0 horas (13.0 horas presenciais + 13.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 06-05-2023

Fim: 03-06-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Grão Vasco

Formador

José Carlos Amaral de Melo

Maria Helena Ferreira Saraiva

Destinatários

Professores dos grupos 910, 920 e 930

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 910, 920 e 930. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 910, 920 e 930.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

As Tecnologias de Apoio constituem uma área do conhecimento científico transversal a várias disciplinas e saberes diversos, onde se destaca a educação e a reabilitação, proporcionando a tão ambicionada melhoria da qualidade de vida em pessoas portadoras de incapacidades várias e a sua inclusão na sociedade. Os profissionais de Educação Especial, sobretudo os que prestam apoio a pessoas com disfunções neuromotoras graves, vêem-se diariamente confrontados com os desafios que são colocados, como também das Tecnologias Apoio que permitem uma melhoria da qualidade de vida dos seus alunos, nos diversos contextos, permitindo a sua inclusão escolar e social. Por isso, é fundamental munir os educadores/professores com as competências necessárias sobre as soluções técnico disponíveis, em especial nas áreas da comunicação e na sua integração social, como fator de inclusão, tal como é preconizado na génese do actual Dec. Lei nº 54/2018, de 6 de julho. Privilegia-se o carácter transdisciplinar das áreas da “Comunicação Aumentativa e Alternativa” e “Tecnologias de Apoio”, por proporcionarem um conjunto de soluções práticas e estratégias de intervenção.

Objetivos

Dominem conhecimentos adequados e atuais sobre as Tecnologias de Apoio e a disfunções neuromotoras graves, com enfâse na área da Comunicação Aumentativa e Alternativa. Realizem e desenvolvam materiais pedagógicos específicos que permitam aos alunos portadores de problemáticas graves e com comprometimento ao nível da comunicação e linguagem, que atualmente apoiam ou venham a apoiar, uma melhor inserção nas estruturas regulares de Ensino, bem como uma mais adequada inclusão familiar e social. Adquiram competências que lhes permitam intervir com utentes portadores de disfunções neuromotoras em todos os contextos significativos em que estes se inserem, de modo a contribuírem para a melhoria efetiva da sua qualidade de vida e inclusão social e escolar. Realizem e desenvolvam tabelas de comunicação através do GRID 3, adequadas às suas características pessoais, permitindo a sua adaptação ao ensino regular. Consigam desenvolver tabelas de comunicação associadas a comandos, que permitam a programação e configuração do software específico em causa.

Conteúdos

Componente Teórica/Prática – 26 horas (13 horas presenciais e 13 horas em trabalho individual) Módulo 1. Software específico GRID 3 - 13 horas 1.1. Apresentação e estrutura do GRID 3; 1.2. Configurações e acessos ao GRID 3; 1.3. Criar e configurar o perfil do utilizador; 1.4. Apresentar os tipos quadros de comunicação: 1.5. Controlo do ambiente; 1.6. Controlo do computador; 1.7. Explorador de Teclados - Revisão; 1.7.1. Organização de teclados (quadros); 1.7.2. Definições do novo quadro; 1.7.3. Gerir quadro(s) – Saltar, copiar, renomear, apagar e definir com quadro principal; 1.8. Edição dos Teclados (quadros) - Revisão; 1.9. Comandos vários (programação) em GRID 3. 1.9.1. Tipos de comandos; 1.9.2. Operacionalização do comando; 1.9.3. Tipos de ambientes de trabalho; 1.9.4. Criar células de salto – Salto inicial, anterior, saltar para quadro, etc. 1.9.5. Escrita e conversação – conversar e escrita, links, email, editor de documentos, sms, etc. 1.9.6. Redirecionamento com aplicações do Microsoft Office – caso do Word; 1.9.6. Acessibilidade da célula – sem acessibilidade, escondidas e visibilidade da célula; 1.10. Atividades de aplicação prática.

Avaliação

Classificação na escala de 1 a 10, conforme indicado na Carta Circular CCPFC - 3/2007 - Setembro 2007. Cada formando realizará um trabalho escrito individual.

Bibliografia

Manual do Utilizador GRID 3, Smartbox, thinksmartbox.com, 2017;• GRID 3, Dicas de Iniciação, Smartbox, 2017;


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 06-05-2023 (Sábado) 09:30 - 12:00 2:30 Presencial
2 13-05-2023 (Sábado) 09:30 - 12:00 2:30 Presencial
3 20-05-2023 (Sábado) 09:30 - 12:00 2:30 Presencial
4 27-05-2023 (Sábado) 09:30 - 12:00 2:30 Presencial
5 03-06-2023 (Sábado) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial


149

Ref. 202Turma 3 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116329/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 04-05-2023

Fim: 06-07-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Tânia de Jesus Aparas

Margarida Maria Monteiro Morgado

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas práticas inclusivas em sala de aula, bem como novas metodologias que promovam as aprendizagens de todos os alunos. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha desbravem o caminho e orientem todos os agentes educativos para as mudanças a realizar. Esta ação de formação procura contribuir para uma reflexão crítica sobre os desafios da diversidade, bem como apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas ajustadas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

Explorar os documentos legislativos (DL n.º 54/2018 e 55/2018, PASEO, Aprend. Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas pedagógicas mais inclusivas Consolidar o conhecimento sobre os modelos de enquadramento à operacionalização da educação inclusiva nas suas características essenciais Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos (Desenho Universal para a Aprendizagem) Aprofundar o conhecimento sobre metodologias e estratégias pedagógicas inclusivas e inovadoras Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar–Planear–Agir– Rever para a inclusão Promover a avaliação como parte integrante da gestão inclusiva do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens Reforçar competências de trabalho colaborativo, reflexivo e de resolução de problemas entre os profissionais

Conteúdos

Módulo 1 - Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração de documentos legislativos (DL n.º 54/2018, DL n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e Aprendizagens Essenciais) de apoio à prática letiva de forma integrada, destacando-se a reflexão e a análise de práticas sobre: o os valores e princípios de base humanista, onde o aluno assume a centralidade da ação; o a gestão inclusiva, integrada, flexível e articulada do currículo; o o recurso a modelos de intervenção e modelos pedagógicos de resposta à diversidade e de promoção de uma educação de qualidade para todos os alunos; o a valorização da avaliação como parte integrante da gestão do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens; o a voz dos alunos e das suas famílias, aumentando os seus níveis de participação. Módulo 2 - Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos. • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (Desenho Universal para a Aprendizagem). Módulo 3 – Gerir a diversidade em sala de aula • Gestão da diversidade em sala de aula atendendo à participação e aprendizagem efetivas de todos os alunos – partilha de práticas. • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico, que conciliem as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos. Módulo 4 – Avaliação como processo regulador do ensino e da aprendizagem • Caráter contínuo e sistemático da avaliação, ao serviço das aprendizagens, enquanto processo regulador do ensino e das aprendizagens. • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino. • O feedback como uma das dimensões indispensáveis à aplicação prática da avaliação formativa na sala de aula.

Metodologias

Nesta formação, em regime de frequência e-learning, serão abordados os conteúdos recorrendo a metodologias ativas de ensino e de aprendizagem. Será privilegiado o trabalho em pequeno e grande grupo com momentos de reflexão e de discussão restrita e alargada. Nas sessões, devem ser definidos tempos de partilha e de reflexão em torno das experiências e das práticas dos formandos, devendo o formador ter um papel ativo na ligação das práticas às políticas educativas de inclusão. Os docentes devem ser desafiados à revisão das suas práticas pedagógicas de acordo com os referenciais normativos em vigor. Elaboração de trabalho/reflexão final individual em função dos interesses e preferências dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática Disponível em https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N., Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora, 2021.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 04-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
2 11-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
3 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
4 25-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
5 01-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
6 08-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
7 15-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
8 22-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
9 29-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
10 06-07-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona


181

Ref. 126Turma 2 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-113623/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 26-04-2023

Fim: 31-05-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Infante D .Henrique

Formador

Paulo Nuno Marques da Costa Antunes França

Destinatários

Professores dos grupos 230, 420, 500, 510 e 520

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 230, 420, 500, 510 e 520. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 230, 420, 500, 510 e 520.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF

Anexo(s)

AN2


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 26-04-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
2 03-05-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
3 10-05-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
4 17-05-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
5 24-05-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
6 31-05-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial


193

Ref. 203Turma 5 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116328/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 18-04-2023

Fim: 20-06-2023

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS, Escola Secundaria Alves Martins

Formador

Margarida Maria Monteiro Morgado

Tânia de Jesus Aparas

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas/os práticas pedagógicas, interfaces comunicativas, fundamentos humanistas em que todos são parte do sistema e desenvolvem um diálogo igualitário, um pensamento e uma consciência próprios. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha orientem os agentes educativos para a inclusão. Esta formação procura apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas inclusivas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

• Explorar os documentos legislativos (Decreto- Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas mais inclusivas • Aplicar colaborativamente os princípios subjacentes ao desenho universal para a aprendizagem e à abordagem multinível • Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e a diversidade de todos alunos • Conceber instrumentos de suporte à recolha de informação que contribuam para a tomada de decisão. • Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar – Planear – Agir - Rever • Produzir e aplicar em contexto de sala de aula instrumentos de avaliação e planificação das aprendizagens • Partilhar experiências facilitadoras do um processo ensino-aprendizagem inclusivo • Explorar colaborativamente práticas educativas inovadoras

Conteúdos

Módulo 1. Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração integrada dos documentos de política educativa (Decreto- Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) Módulo 2. Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (DUA) Módulo 3. Valorização da diversidade em sala de aula – criação e partilha de recursos • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico • O que ensinar e porquê, como, quando, com que prioridades, com que meios, com que organização e com que resultados: exercícios práticos Módulo 4. Avaliação formativa enquanto processo regulador do ensino e da aprendizagem • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N. (2021), Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders • Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education Acesso em 02/02/2022


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 18-04-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
2 26-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
3 02-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
4 09-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
5 16-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
6 23-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
7 30-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
8 06-06-2023 (Terça-feira) 08:21 - 09:21 1:00 Online síncrona
9 13-06-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
10 20-06-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial


187

Ref. 214Turma 1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-119094/23

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 18-04-2023

Fim: 06-06-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O modelo de Avaliação do Desempenho Docente (ADD) tem gerado muito conflito nas escolas, uma vez que tenta conjugar a valorização do desenvolvimento pessoal e profissional dos docentes e a consequente melhoria do serviço educativo, com questões relativas à progressão e à remuneração dos professores. Intervir de forma a tentar conciliar estas duas realidades requer conhecimento, ponderação e debate. Assim, esta formação nasce assim da necessidade de: a) fazer uma leitura convergente, articulada e participada dos normativos, visando a fundamentação da tomada de decisões conjuntas no que respeita à construção de instrumentos de registo de ADD; b) dotar o processo de ADD da transparência e credibilidade necessárias ao minimizar de conflitos.

Objetivos

• Conferir transparência, rigor, validade e credibilidade ao processo de ADD; • Definir conceitos relativos à ADD; • Facultar suporte ao desempenho da função dos avaliadores internos e externos; • Elaborar critérios de ADD claros e observáveis que fundamentem a atribuição de menções de mérito, contribuindo para a valorização profissional dos docentes; • Elaborar um Referencial de Perfis de Desempenho Docente (Referencial); • Construir um Instrumento de Registo de Avaliação do Desempenho Docente (Instrumentos de Registo) comum aos AE e às ES da área de intervenção do Visprof, documentado em evidências, de exclusiva responsabilidade do avaliado, promovendo o mérito; • Promover a colaboração entre todos os intervenientes no processo.

Conteúdos

SESSÕES PRESENCIAIS (25 H) 1. Enquadramento legal – documentos de referência: Decreto-Lei nº 42/2012 de 21 de fevereiro (Estatuto da Carreira Docente); Decreto regulamentar nº 26/2012, de 21 de fevereiro; Despacho nº 13981/2012, de 21 de fevereiro; Decreto-Lei nº 240/2001, de 30 de agosto (Perfil geral de desempenho do educador e dos professores dos ensinos básico e secundário); Decreto-Lei nº 241/2001, de 30 de agosto (Perfis específicos do educador de infância e do professor do 1º ciclo). (2,5h) 2. Clarificação de conceitos: referencial, avaliação, domínios de avaliação, parâmetros, critérios, descritor; indicador. (2,5h) 3. Parâmetros de avaliação nacionais – construção do Referencial de Perfis de Desempenho Docente: descrever, analisar e avaliar o desempenho docente. (5 h) 4. Critérios de avaliação de desempenho docente: transparência, exequibilidade, objetividade e adequação. (2,5h) 5. Construção do Instrumento de Registo de Avaliação do Desempenho Docente: dimensões, domínios, indicadores, critérios de avaliação, descritores de desempenho e ponderações, instrumentos de recolha de informação. (7,5h) 6. Testagem do Instrumento de Registo com vista à sua validação: (7,5 h) 6.1. Registo de pontos fracos, pontos fortes – reflexão visando a melhoria: descrição, análise e interpretação da atividade profissional, com vista à tomada de decisões. 6.2. (Re)construção do Instrumento de Registo de Avaliação do Desempenho Docente.

Avaliação

De acordo com o RJFCP – Decreto-Lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro - e nos termos dos nºs 5 e 6, do artigo 4.º do Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio, valorizando-se uma lógica formativa e de acompanhamento. Terá por base a realização e apresentação das tarefas propostas e realizadas nas sessões presenciais e realizadas nas sessões autónomas. O trabalho final deverá ser uma reflexão escrita individual sobre a formação, as aprendizagens realizadas e a sua participação na formação

Bibliografia

Decreto-Lei nº 240/2001, de 30 de agosto (Perfil geral de desempenho profissional do educador e dos professores dos ensinos básico e secundário); Decreto-Lei nº 241/2001, de 30 de agosto (Perfis específicos de desempenho profissional do educador de infância e do professor do 1º ciclo do ensino básico). Decreto-Regulamentar nº 26/2012, de 21 de fevereiro. (Regulamenta a avaliação de desempenho docente) Despacho nº 13981/2012, de 26 de outubro. (Estabelece os parâmetros nacionais da dimensão científico-pedagógica da avaliação do desempenho docente). Reis, Pedro. (2010). Observação de aulas e avaliação do desempenho docente. Lisboa: Ministério da Educação.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 18-04-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
2 02-05-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
3 09-05-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
4 16-05-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
5 23-05-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
6 30-05-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
7 06-06-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
8 13-06-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
9 20-06-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial
10 27-06-2023 (Terça-feira) 17:45 - 20:15 2:30 Presencial


196

Ref. 203Turma 2 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116328/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 17-04-2023

Fim: 23-05-2023

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS, Escola Secundaria Alves Martins

Formador

Paula Maria Ferreira Dias Cardoso Teixeira

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas/os práticas pedagógicas, interfaces comunicativas, fundamentos humanistas em que todos são parte do sistema e desenvolvem um diálogo igualitário, um pensamento e uma consciência próprios. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha orientem os agentes educativos para a inclusão. Esta formação procura apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas inclusivas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

• Explorar os documentos legislativos (Decreto- Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas mais inclusivas • Aplicar colaborativamente os princípios subjacentes ao desenho universal para a aprendizagem e à abordagem multinível • Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e a diversidade de todos alunos • Conceber instrumentos de suporte à recolha de informação que contribuam para a tomada de decisão. • Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar – Planear – Agir - Rever • Produzir e aplicar em contexto de sala de aula instrumentos de avaliação e planificação das aprendizagens • Partilhar experiências facilitadoras do um processo ensino-aprendizagem inclusivo • Explorar colaborativamente práticas educativas inovadoras

Conteúdos

Módulo 1. Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração integrada dos documentos de política educativa (Decreto- Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) Módulo 2. Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (DUA) Módulo 3. Valorização da diversidade em sala de aula – criação e partilha de recursos • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico • O que ensinar e porquê, como, quando, com que prioridades, com que meios, com que organização e com que resultados: exercícios práticos Módulo 4. Avaliação formativa enquanto processo regulador do ensino e da aprendizagem • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N. (2021), Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders • Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education Acesso em 02/02/2022


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 17-04-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
2 19-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
3 26-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
4 02-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
5 04-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
6 08-05-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
7 11-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
8 16-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
9 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
10 23-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial


184

Ref. 120Turma 22 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 09-03-2023

Fim: 29-06-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Alves Martins + Microsoft Teams

Formador

Henrique Jorge de Almeida Carvalho

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 23-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 20-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 11-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 25-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
6 06-06-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 15-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 29-06-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Presencial


141

Ref. 120Turma 24 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 08-03-2023

Fim: 17-06-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emídio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Carlos Manuel Rodrigues de Almeida

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 08-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
2 11-03-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
3 22-03-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
4 25-03-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
5 19-04-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
6 22-04-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
7 03-05-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 14-06-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
9 17-06-2023 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial


172

Ref. 120Turma 26 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 02-03-2023

Fim: 22-06-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Alves Martins + Microsoft Teams

Formador

Henrique Jorge de Almeida Carvalho

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 02-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 16-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 30-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 27-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 04-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
7 01-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 22-06-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Presencial


175

Ref. 104Turma 17 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 01-03-2023

Fim: 31-05-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Viriato + Microsoft Teams

Formador

Victor Júlio Vicente Gomes

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-03-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
2 08-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 15-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 22-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 29-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 19-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 26-04-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
8 03-05-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 17-05-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
10 24-05-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
11 31-05-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial


133

Ref. 201Turma 1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-119150/23

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 25.0 horas (12.5 horas presenciais + 12.5 horas de trabalho autónomo)

Início: 01-03-2023

Fim: 31-05-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Infante D.Henrique

Formador

Anabela de Oliveira Duarte da Cruz Carvalho

Destinatários

Educadores de Infância (grupo 100)

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância (grupo 100). Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância (grupo 100).

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Os estudos mostram que o desempenho das crianças em idade pré-escolar em tarefas de consciência fonológica relaciona-se com o sucesso na aquisição da leitura e da escrita e que a estimulação e treino intencional desta competência parece ser determinante da facilidade em adquirir a leitura e a escrita. É então fundamental dotar o educador de competências teóricas e práticas que lhe permitam avaliar o desenvolvimento de cada criança nesta competência e planear estratégias de intervenção capazes de contribuir positivamente para o seu desenvolvimento. No Agrupamento Infante D. Henrique a preocupação com a aprendizagem da leitura tem sido uma tónica presente há vários anos em várias iniciativas e esta Oficina vem contribuir para este propósito.

Objetivos

- Dotar os docentes de conhecimentos teóricos e teórico-práticos potenciadores de uma visão sustentada e atualizada do papel central da consciência fonológica na aprendizagem da leitura e da escrita. - Possibilitar o contacto com materiais e técnicas promotoras do desenvolvimento da consciência fonológica. - Favorecer a elaboração de materiais pedagógicos adequados à idade e etapa de desenvolvimento das crianças do EPE, aplicá-los nas atividades de sala e/ou em momentos de apoio ou reforço individualizado e avaliar a sua eficácia.

Conteúdos

1. Organização e planeamento da ação (1 hora) a. Avaliação de necessidades e interesses; b. Debate dos objetivos da ação; c. Organização do trabalho a desenvolver e dos procedimentos a ter em consideração na avaliação da oficina de formação. 2. Fatores que influenciam a aprendizagem da leitura e da escrita (4 horas) a. Fatores intrínsecos à criança b. Fatores extrínsecos à criança 3. A Consciência fonológica (CF) (18 horas) a. Etapas de desenvolvimento da CF b. Avaliação e sinalização da etapa de desenvolvimento da CF em cada criança c. Metodologias promotoras da CF em sala de jardim d. Estratégias e técnicas de intervenção em pequeno grupo ou em contexto individualizado em problemas de desenvolvimento da CF e. Avaliação da intervenção 4. Avaliação final da Oficina, bem como dos trabalhos realizados ao longo da mesma (materiais para intervenção) (2 horas) Os temas serão introduzidos através de uma explicação teórica por parte da formadora, com utilização de métodos expositivo e demonstrativo. Serão apresentados casos ilustrativos, vídeos ou outros recursos que permitam uma análise de diferentes conteúdos visando a sua aplicação prática no contexto do desenvolvimento da criança e das dificuldades de aprendizagem. Serão também mostrados instrumentos já existentes de screening e avaliação, bem como materiais e programas de intervenção, permitindo o contacto com estratégias específicas e validadas. Posteriormente os assuntos serão trabalhados pelos formandos, através da realização de exercícios práticos relacionados com o tema e adequados às suas crianças. As atividades de natureza prática são cruciais para potenciar e reforçar a capacidade de autonomia e de autoaprendizagem dos formandos.

Avaliação

Classificação na escala de 1 a 10, conforme indicado na Carta Circular CCPFC-3/setembro. Cada formando realizará um trabalho escrito individual. Para além do cumprimento das determinações legais, na avaliação dos formandos será utilizada uma escala de avaliação quantitativa, de acordo com o definido pela Carta Circular CCPFC – 3/2007 (Setembro/2007). A avaliação dos formandos baseia-se na análise dos materiais pedagógicos produzidos e será formalizada numa escala de 1 a 10, considerando-se classificação positiva a partir de 5, inclusive. Os critérios sobre os quais incidirá a avaliação/classificação dos formandos na Oficina serão os seguintes: Participação Realização das Tarefas nas Sessões (25%) Produção de Trabalhos e/ou Materiais Aplicação prática dos materiais (60%) Reflexão Crítica /Trabalho Final (15%)

Bibliografia

Adams, M.J., Foorman, B.R., Lundberg, I. &Beeler, T. (2006). Consciência fonológica em crianças pequenas. Porto Alegre: ArtmedAntunes, H. (2008). Começar com o pé direito. Um guia para promover o sucesso na leitura. Porto: Porto EditoraCarvalho, A. (2015). Preditores da dislexia de desenvolvimento. Tese de Doutoramento não publicada. Universidade de CoimbraFreitas, M. J., Alves, D. & Costa, T. (2007). PNEP – O conhecimento da Língua: Desenvolver a consciência fonológica. Lisboa: Ministério da EducaçãoViana, F. L. (2006). As rimas e a consciência fonológica. Promovendo a competência leitora. Lisboa.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-03-2023 (Quarta-feira) 16:30 - 19:00 2:30 Presencial
2 22-03-2023 (Quarta-feira) 16:30 - 19:00 2:30 Presencial
3 05-04-2023 (Quarta-feira) 16:30 - 19:00 2:30 Presencial
4 26-04-2023 (Quarta-feira) 16:30 - 19:00 2:30 Presencial
5 31-05-2023 (Quarta-feira) 16:30 - 19:00 2:30 Presencial

Ref. 197Turma 1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116337/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 12-01-2023

Fim: 01-06-2023

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS. Escola Secundária Alves Martins

Formador

Cláudia Costa de Albuquerque Pinto

Destinatários

Professores do grupo de recrutamento 500

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo de recrutamento 500. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo de recrutamento 500.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

No âmbito do projeto Contexto e Visão para a revisão curricular das Aprendizagens Essenciais em Matemática, em agosto de 2021 foram homologadas as novas Aprendizagens Essenciais de Matemática para o Ensino Básico (Despacho n.º 8209/2021, de 19 de agosto) que entrarão em vigor a partir do ano letivo: a) 2022/2023, no que respeita aos 1.º, 3.º, 5.º e 7.º anos de escolaridade; b) 2023/2024, no que respeita aos 2.º, 4.º, 6.º e 8.º anos de escolaridade; c) 2024/2025, no que respeita ao 9.º ano de escolaridade. Tendo consciência da necessidade de formação dos professores do grupo 500, para a operacionalização destes novos documentos curriculares em Matemática do Ensino Básico procurar-se-á desenvolver uma formação focada em aspetos específicos das novas AE de Matemática para o Ensino Básico (AE, 2021), destacando o que de mais significativo e novo existe nestes documentos curriculares.

Objetivos

No final da formação, os professores participantes devem: • Compreender, de forma aprofundada, as orientações curriculares expressas nas novas AE de Matemática para o Ensino Básico, o seu racional e as consequências para o ensino da Matemática; • Estar dotados com o conhecimento didático e o conhecimento matemático requeridos para o ensino orientado pelas novas AE de Matemática para o Ensino Básico; • Realizar experiências de ensino de Matemática que contemplem a planificação de aulas, a sua concretização e consequente reflexão, em contextos de trabalho colaborativo, tornando-se sensíveis e capazes de resolução para os problemas que possam surgir na prática de ensino das novas AE de Matemática para o 3.º ciclo do Ensino Básico.

Conteúdos

Orientações curriculares para o ensino da Matemática no Ensino Básico expressas nas novas AE 2021 (2 sessões de 2,5h cada): - Caracterização das novas AE de Matemática - Articulação entre os temas nas novas AE de Matemática - Reflexos dos princípios nas opções curriculares das novas AE de Matemática Serão propostas tarefas que permitirão trabalhar as novas AE segundo diversos ângulos. Articulação entre diferentes temas matemáticos e capacidades matemáticas transversais, incorporando as capacidades e atitudes gerais transversais (5 sessões de 2,5h cada): - Conteúdos de aprendizagem (conhecimentos, capacidades matemáticas, capacidades e atitudes gerais) que uma dada tarefa preferencialmente pode promover - Análise de produções de alunos - Feedback oral e escrito a fornecer pelo professor - Recursos, em particular tecnológicos, e suas potencialidades Serão propostas tarefas de formação constituídas por tarefas a propor aos alunos, e um conjunto de questões que incidem sobre o ensino da Matemática, a partir das características da tarefa dos alunos, de produções de alunos, de episódios de sala de aula, de notas de campo de aulas realizadas no âmbito da operacionalização destas novas AE. Práticas de ensino promotoras do desenvolvimento integrado de temas matemáticos, capacidades matemáticas transversais e capacidades e atitudes gerais transversais (3 sessões de 2,5h cada): - Planificação (objetivos de aprendizagem, tarefas, formas de as explorar e recursos, em particular ferramentas tecnológicas) - Operacionalização (dinâmica da aula; papel do professor e dos alunos, discussão em grande grupo) - Reflexão (aprendizagens realizadas, dificuldades reveladas pelos alunos e ações do professor, identificação de aspetos a melhorar, causas e aperfeiçoamentos para futuro). A primeira sessão será dedicada ao início da planificação da aula a lecionar, e as duas restantes decorrerão após o término do trabalho autónomo e destinar-se-ão à apresentação e reflexão da intervenção na prática letiva. Para o trabalho autónomo propor-se-á a leitura de textos que sustentem teoricamente algumas ideias chave das orientações curriculares consideradas nos documentos curriculares, assim como a leitura de textos de apoio sobre os temas trabalhados. Prevê-se ainda que o trabalho autónomo incida na conclusão da planificação, na realização da aula e na preparação da apresentação aos restantes formandos desta intervenção na prática letiva.

Avaliação

A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a realização e discussão das tarefas propostas nas sessões presenciais e nas sessões síncronas, a planificação de tarefas para os alunos e análise da sua realização na sala de aula, e o trabalho final elaborado pelos formandos. O trabalho final deverá ser uma reflexão escrita individual sobre a formação, as aprendizagens realizadas e capacidades desenvolvidas, e a sua participação na formação.

Bibliografia

Educação e Matemática, 158Educação e Matemática, 162NCTM (2017). Princípios para a ação. Lisboa: APM.Ponte, J. P., Quaresma, M., & Mata Pereira, J. (2020). Como desenvolver o raciocínio matemático na sala de aula? Educação e Matemática, 156, 7-11.Veloso, E. (2012). Simetria e transformações geométricas. Lisboa: APM


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 12-01-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
2 26-01-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
3 09-02-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
4 23-02-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
5 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
6 23-03-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
7 30-03-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
8 27-04-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
9 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona
10 01-06-2023 (Quinta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Online síncrona


161

Ref. 196Turma 1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116332/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 05-01-2023

Fim: 01-06-2023

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft Teams. Escola secundária Alves Martins

Formador

Paulo Jorge Branco Pinto Taveira

Destinatários

Professores do grupo de recrutamento 230

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo de recrutamento 230. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo de recrutamento 230.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

No âmbito do projeto Contexto e Visão para a revisão curricular das Aprendizagens Essenciais em Matemática, em agosto de 2021 foram homologadas as novas Aprendizagens Essenciais de Matemática para o Ensino Básico (Despacho n.º 8209/2021, de 19 de agosto) que entrarão em vigor a partir do ano letivo: a) 2022/2023, no que respeita aos 1.º, 3.º, 5.º e 7.º anos de escolaridade; b) 2023/2024, no que respeita aos 2.º, 4.º, 6.º e 8.º anos de escolaridade; c) 2024/2025, no que respeita ao 9.º ano de escolaridade. Tendo consciência da necessidade de formação dos professores do grupo 230 para a operacionalização destes novos documentos curriculares em Matemática do Ensino Básico procurar-se-á desenvolver uma formação focada em aspetos específicos das novas AE de Matemática para o Ensino Básico, destacando o que de mais significativo e novo existe nestes documentos curriculares.

Objetivos

No final da formação, os professores participantes devem ser capazes de: • Compreender, de forma aprofundada, as orientações curriculares expressas nas novas AE de Matemática para o Ensino Básico, o seu racional e as consequências para o ensino da Matemática; • Estar capacitados com o conhecimento didático e o conhecimento matemático requeridos para o ensino orientado pelas novas AE de Matemática para o Ensino Básico; • Realizar experiências de ensino de Matemática que contemplem a planificação de aulas, a sua concretização e consequente reflexão, em contextos de trabalho colaborativo, tornando-se sensíveis e alertados para os problemas que possam surgir na prática de ensino das novas AE de Matemática para o 2.º ciclo do Ensino Básico.

Conteúdos

Orientações curriculares para o ensino da Matemática no Ensino Básico expressas nas novas AE 2021 (2 sessões de 2,5h cada): - Caracterização das novas AE de Matemática - Articulação entre os temas nas novas AE de Matemática - Reflexos dos princípios nas opções curriculares das novas AE de Matemática Serão propostas tarefas que permitirão trabalhar as novas AE segundo diversos ângulos. Articulação entre diferentes temas matemáticos e capacidades matemáticas transversais, incorporando as capacidades e atitudes gerais transversais (5 sessões de 2,5h cada): - Conteúdos de aprendizagem (conhecimentos, capacidades matemáticas, capacidades e atitudes gerais) que uma dada tarefa preferencialmente pode promover - Análise de produções de alunos - Feedback oral e escrito a fornecer pelo professor - Recursos, em particular tecnológicos, e suas potencialidades Serão propostas tarefas de formação constituídas por tarefas a propor aos alunos, e um conjunto de questões que incidem sobre o ensino da Matemática, a partir das características da tarefa dos alunos, de produções de alunos, de episódios de sala de aula, de notas de campo de aulas realizadas no âmbito da operacionalização destas novas AE. Práticas de ensino promotoras do desenvolvimento integrado de temas matemáticos, capacidades matemáticas transversais e capacidades e atitudes gerais transversais (3 sessões de 2,5h cada): - Planificação (objetivos de aprendizagem, tarefas, formas de as explorar e recursos, em particular ferramentas tecnológicas) - Operacionalização (dinâmica da aula; papel do professor e dos alunos, discussão em grande grupo) - Reflexão (aprendizagens realizadas, dificuldades reveladas pelos alunos e ações do professor, identificação de aspetos a melhorar, causas e aperfeiçoamentos para futuro). A primeira sessão será dedicada ao início da planificação da aula a lecionar, e as duas restantes decorrerão após o término do trabalho autónomo e destinar-se-ão à apresentação e reflexão da intervenção na prática letiva. Para o trabalho autónomo propor-se-á a leitura de textos que sustentem teoricamente algumas ideias chave das orientações curriculares consideradas nos documentos curriculares, assim como a leitura de textos de apoio sobre os temas trabalhados. Prevê-se ainda que o trabalho autónomo incida na conclusão da planificação, na realização da aula e na preparação da apresentação aos restantes formandos desta intervenção na prática letiva.

Avaliação

A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a realização e discussão das tarefas propostas nas sessões presenciais e nas sessões síncronas, a planificação de tarefas para os alunos e análise da sua realização na sala de aula, e o trabalho final elaborado pelos formandos. O trabalho final deverá ser uma reflexão escrita individual sobre a formação, as aprendizagens realizadas e capacidades desenvolvidas, e a sua participação na formação.

Bibliografia

Educação e Matemática, 158Educação e Matemática, 162NCTM (2017). Princípios para a ação. Lisboa: APM.Ponte, J. P., Quaresma, M., & Mata Pereira, J. (2020). Como desenvolver o raciocínio matemático na sala de aula? Educação e Matemática, 156, 7-11.Veloso, E. (2012). Simetria e transformações geométricas. Lisboa: APM.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 05-01-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Presencial
2 19-01-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Presencial
3 02-02-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Online síncrona
4 16-02-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Online síncrona
5 02-03-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Online síncrona
6 16-03-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Online síncrona
7 20-04-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Online síncrona
8 11-05-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Online síncrona
9 25-05-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Presencial
10 01-06-2023 (Quinta-feira) 17:30 - 20:00 2:30 Presencial


160

Ref. 202Turma 2 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116329/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 18-04-2023

Fim: 18-05-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Elsa Maria Pereira Rodrigues

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas práticas inclusivas em sala de aula, bem como novas metodologias que promovam as aprendizagens de todos os alunos. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha desbravem o caminho e orientem todos os agentes educativos para as mudanças a realizar. Esta ação de formação procura contribuir para uma reflexão crítica sobre os desafios da diversidade, bem como apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas ajustadas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

Explorar os documentos legislativos (DL n.º 54/2018 e 55/2018, PASEO, Aprend. Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas pedagógicas mais inclusivas Consolidar o conhecimento sobre os modelos de enquadramento à operacionalização da educação inclusiva nas suas características essenciais Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos (Desenho Universal para a Aprendizagem) Aprofundar o conhecimento sobre metodologias e estratégias pedagógicas inclusivas e inovadoras Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar–Planear–Agir– Rever para a inclusão Promover a avaliação como parte integrante da gestão inclusiva do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens Reforçar competências de trabalho colaborativo, reflexivo e de resolução de problemas entre os profissionais

Conteúdos

Módulo 1 - Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração de documentos legislativos (DL n.º 54/2018, DL n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e Aprendizagens Essenciais) de apoio à prática letiva de forma integrada, destacando-se a reflexão e a análise de práticas sobre: o os valores e princípios de base humanista, onde o aluno assume a centralidade da ação; o a gestão inclusiva, integrada, flexível e articulada do currículo; o o recurso a modelos de intervenção e modelos pedagógicos de resposta à diversidade e de promoção de uma educação de qualidade para todos os alunos; o a valorização da avaliação como parte integrante da gestão do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens; o a voz dos alunos e das suas famílias, aumentando os seus níveis de participação. Módulo 2 - Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos. • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (Desenho Universal para a Aprendizagem). Módulo 3 – Gerir a diversidade em sala de aula • Gestão da diversidade em sala de aula atendendo à participação e aprendizagem efetivas de todos os alunos – partilha de práticas. • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico, que conciliem as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos. Módulo 4 – Avaliação como processo regulador do ensino e da aprendizagem • Caráter contínuo e sistemático da avaliação, ao serviço das aprendizagens, enquanto processo regulador do ensino e das aprendizagens. • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino. • O feedback como uma das dimensões indispensáveis à aplicação prática da avaliação formativa na sala de aula.

Metodologias

Nesta formação, em regime de frequência e-learning, serão abordados os conteúdos recorrendo a metodologias ativas de ensino e de aprendizagem. Será privilegiado o trabalho em pequeno e grande grupo com momentos de reflexão e de discussão restrita e alargada. Nas sessões, devem ser definidos tempos de partilha e de reflexão em torno das experiências e das práticas dos formandos, devendo o formador ter um papel ativo na ligação das práticas às políticas educativas de inclusão. Os docentes devem ser desafiados à revisão das suas práticas pedagógicas de acordo com os referenciais normativos em vigor. Elaboração de trabalho/reflexão final individual em função dos interesses e preferências dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática Disponível em https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N., Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora, 2021.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 18-04-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
2 20-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 22-04-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
4 26-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 02-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 04-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 09-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 11-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 16-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
10 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Online síncrona


180

Ref. 212Turma 1 Em avaliação

Registo de acreditação: CDND 019 2022/2023

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 23-03-2023

Fim: 18-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária de Viriato - Sala C7

Formador

Amandio de Carvalho Marques

Destinatários

Pessoal não docente;

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 23-03-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
2 30-03-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
3 13-04-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
4 20-04-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
5 27-04-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
6 04-05-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
7 11-05-2023 (Quinta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
8 18-05-2023 (Quinta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial


192

Ref. 104Turma 24 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 09-03-2023

Fim: 25-05-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Alves Martins + Microsoft Teams

Formador

José Bernardino Seixas Marques

José Carlos Amaral de Melo

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 16-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 23-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 30-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 20-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 04-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
7 11-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
8 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 25-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial


177

Ref. 120Turma 13 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 07-03-2023

Fim: 20-05-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emídio Navarro + Microsoft TEAMS

Formador

Nuno Miguel Martins Barros

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
2 11-03-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
3 21-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 25-03-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
5 18-04-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 22-04-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
7 16-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
8 20-05-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial


85

Ref. 121Turma 6 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117457/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 06-03-2023

Fim: 20-05-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emidio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Fernando Jorge Bastos dos Santos de Lima

Nuno Miguel Martins Barros

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 06-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 13-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 20-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 17-04-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 24-04-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 15-05-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 20-05-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
8 20-05-2023 (Sábado) 14:00 - 16:00 2:00 Presencial


173

Ref. 104Turma 21 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 02-03-2023

Fim: 25-05-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Alves Martins + Microsoft Teams

Formador

José Carlos Amaral de Melo

José Bernardino Seixas Marques

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

- Nas sessões presenciais obrigatoriedade de utilizar computador próprio e internet

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 02-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 16-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 23-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 30-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 20-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:45 2:15 Presencial
7 27-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:45 2:15 Online síncrona
8 04-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:45 2:15 Online síncrona
9 11-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:45 2:15 Online síncrona
10 18-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Online síncrona
11 25-05-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Online síncrona
12 01-06-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial


137

Ref. 104Turma 22 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 01-03-2023

Fim: 24-05-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Viriato + Microsoft Teams

Formador

Amandio de Carvalho Marques

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-03-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
2 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 14-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 21-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 28-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 18-04-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 26-04-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
8 02-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 09-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
10 16-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
11 24-05-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial


170

Ref. 202Turma 4 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116329/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 01-03-2023

Fim: 19-04-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Elsa Maria Pereira Rodrigues

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas práticas inclusivas em sala de aula, bem como novas metodologias que promovam as aprendizagens de todos os alunos. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha desbravem o caminho e orientem todos os agentes educativos para as mudanças a realizar. Esta ação de formação procura contribuir para uma reflexão crítica sobre os desafios da diversidade, bem como apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas ajustadas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

Explorar os documentos legislativos (DL n.º 54/2018 e 55/2018, PASEO, Aprend. Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas pedagógicas mais inclusivas Consolidar o conhecimento sobre os modelos de enquadramento à operacionalização da educação inclusiva nas suas características essenciais Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos (Desenho Universal para a Aprendizagem) Aprofundar o conhecimento sobre metodologias e estratégias pedagógicas inclusivas e inovadoras Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar–Planear–Agir– Rever para a inclusão Promover a avaliação como parte integrante da gestão inclusiva do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens Reforçar competências de trabalho colaborativo, reflexivo e de resolução de problemas entre os profissionais

Conteúdos

Módulo 1 - Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração de documentos legislativos (DL n.º 54/2018, DL n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e Aprendizagens Essenciais) de apoio à prática letiva de forma integrada, destacando-se a reflexão e a análise de práticas sobre: o os valores e princípios de base humanista, onde o aluno assume a centralidade da ação; o a gestão inclusiva, integrada, flexível e articulada do currículo; o o recurso a modelos de intervenção e modelos pedagógicos de resposta à diversidade e de promoção de uma educação de qualidade para todos os alunos; o a valorização da avaliação como parte integrante da gestão do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens; o a voz dos alunos e das suas famílias, aumentando os seus níveis de participação. Módulo 2 - Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos. • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (Desenho Universal para a Aprendizagem). Módulo 3 – Gerir a diversidade em sala de aula • Gestão da diversidade em sala de aula atendendo à participação e aprendizagem efetivas de todos os alunos – partilha de práticas. • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico, que conciliem as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos. Módulo 4 – Avaliação como processo regulador do ensino e da aprendizagem • Caráter contínuo e sistemático da avaliação, ao serviço das aprendizagens, enquanto processo regulador do ensino e das aprendizagens. • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino. • O feedback como uma das dimensões indispensáveis à aplicação prática da avaliação formativa na sala de aula.

Metodologias

Nesta formação, em regime de frequência e-learning, serão abordados os conteúdos recorrendo a metodologias ativas de ensino e de aprendizagem. Será privilegiado o trabalho em pequeno e grande grupo com momentos de reflexão e de discussão restrita e alargada. Nas sessões, devem ser definidos tempos de partilha e de reflexão em torno das experiências e das práticas dos formandos, devendo o formador ter um papel ativo na ligação das práticas às políticas educativas de inclusão. Os docentes devem ser desafiados à revisão das suas práticas pedagógicas de acordo com os referenciais normativos em vigor. Elaboração de trabalho/reflexão final individual em função dos interesses e preferências dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática Disponível em https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N., Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora, 2021.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
2 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
3 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
4 13-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
5 15-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
6 22-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
7 27-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
8 29-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
9 17-04-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
10 19-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona


182

Ref. 203Turma 1 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116328/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 01-03-2023

Fim: 19-04-2023

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS, Escola Secundaria Alves Martins

Formador

Maria da Luz Cardoso de Almeida Outeiro

Paula Maria Ferreira Dias Cardoso Teixeira

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial e do grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas/os práticas pedagógicas, interfaces comunicativas, fundamentos humanistas em que todos são parte do sistema e desenvolvem um diálogo igualitário, um pensamento e uma consciência próprios. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha orientem os agentes educativos para a inclusão. Esta formação procura apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas inclusivas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

• Explorar os documentos legislativos (Decreto- Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas mais inclusivas • Aplicar colaborativamente os princípios subjacentes ao desenho universal para a aprendizagem e à abordagem multinível • Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e a diversidade de todos alunos • Conceber instrumentos de suporte à recolha de informação que contribuam para a tomada de decisão. • Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar – Planear – Agir - Rever • Produzir e aplicar em contexto de sala de aula instrumentos de avaliação e planificação das aprendizagens • Partilhar experiências facilitadoras do um processo ensino-aprendizagem inclusivo • Explorar colaborativamente práticas educativas inovadoras

Conteúdos

Módulo 1. Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração integrada dos documentos de política educativa (Decreto- Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) Módulo 2. Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (DUA) Módulo 3. Valorização da diversidade em sala de aula – criação e partilha de recursos • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico • O que ensinar e porquê, como, quando, com que prioridades, com que meios, com que organização e com que resultados: exercícios práticos Módulo 4. Avaliação formativa enquanto processo regulador do ensino e da aprendizagem • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N. (2021), Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders • Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education Acesso em 02/02/2022


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
2 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
3 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
4 13-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
5 15-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial
6 22-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
7 27-03-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
8 29-03-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
9 17-04-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
10 19-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Presencial


183

Ref. 208Turma 1 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-118684/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 30.0 horas

Início: 28-02-2023

Fim: 24-04-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Paixão dos Santos Pinto

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Vive-se atualmente uma transformação digital em todas as áreas da vida humana. Face a toda esta evolução, e para continuarem a responder às necessidades dos utilizadores e a desempenhar o seu papel fundamental no apoio à ação das múltiplas iniciativas das escolas onde se inserem, torna-se imprescindível que as bibliotecas escolares evoluam para formatos híbridos, complementando os serviços que prestam presencialmente com serviços disponibilizados em linha. Por essa razão a presença em linha das bibliotecas escolares é fundamental que as bibliotecas desenvolvam uma presença digital forte e diversificada.

Objetivos

- Proporcionar o conhecimento relativo às orientações do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares para a presença em linha das bibliotecas, identificando os princípios teóricos e práticos subjacentes à sua implementação; - Dotar os professores bibliotecários e outros intervenientes na gestão da presença em linha das bibliotecas escolares de conhecimentos, metodologias e instrumentos necessários a essa implementação; - Capacitar os professores bibliotecários e outros intervenientes para uma gestão crítica da presença em linha, assente na análise de indicadores e perspetivando sistematicamente a sua melhoria, tendo em vista a qualidade dos serviços prestados; - Desenvolver as bibliotecas escolares de forma sustentada e estratégica, através da construção/ melhoria da sua presença em linha, melhorando o serviço prestado; - Partilhar conhecimentos e experiências entre formandos.

Conteúdos

1.ª e 2ª sessões (3 horas síncronas + 4 horas assíncronas) Razões que justificam a presença em linha da biblioteca escolar: Apresentação dos formandos. Conteúdos, metodologia e avaliação dos formandos. Familiarização com a plataforma digital de suporte curso. • A missão da Biblioteca Escolar no contexto da escola atual. As prioridades de trabalho da Rede de Bibliotecas Escolares. • Transição Digital e o papel das bibliotecas escolares (BE): O papel das BE no contexto do desenvolvimento digital; Biblioteca híbrida do ponto de vista da conceção e dos serviços; Presença em linha e serviços de referência on-line. •A presença em linha das bibliotecas escolares, uma visão global: propósito / públicos / objetivos / condições humanas e materiais / gestão . 3.ª e 4ª sessões (4 + 4 horas assíncronas) Planificação da presença em linha das bibliotecas escolares. Matriz da presença em linha das bibliotecas escolares • Apresentação das reflexões realizadas. • Definição de uma estratégia de comunicação; • Canais de comunicação • Definição de um canal principal • Canais secundários a equacionar • Serviços a desenvolver: Serviço de referência, a curadoria de conteúdos, tipos de recursos a disponibilizar, projetos desenvolvidos, serviço cultural, ... • Ferramentas a utilizar 5ª e 6ª sessões (4 + 4 horas assíncronas) - Planificação da presença em linha das bibliotecas escolares II • Apresentação da reflexão realizada após as leituras propostas. • Definição de uma linha editorial: identidade/ grafismo/ linguagem/ créditos • Serviço de referência a distância: chat, email, fórum, redes sociais, sistema de mensagem instantânea e mensagem áudio, videoconferência. • Normas e princípios • Proteção de dados pessoais / política de privacidade • Direitos de autor e direitos conexos • Acessibilidades 7.ª sessão ( 4 horas assíncronas) Consolidação da presença em linha das bibliotecas escolares • Apresentação das reflexões realizadas através das leituras e das dinâmicas propostas. . • Indicadores de execução e de sucesso; • Reporte; • Evolução e melhoria. 8.ª sessão (3 horas síncronas) Apresentação da Matriz da presença em linha das bibliotecas escolares • Apresentação das propostas sobre a presença em linha a implementar • A necessidade da existência de um plano de conteúdos periódico; • Elaboração de um plano de ação estratégico; • Avaliação da ação.

Metodologias

Sessões de trabalho em linha (síncrono ou assíncrono): As sessões terão um carácter teórico-prático. Para cada tópico será disponibilizada documentação e bibliografia específica. Os formadores deverão ter um papel de promotores e facilitadores de reflexão permanente com formandos sobre o seu papel na implementação e dinamização da presença em linha das bibliotecas de que se ocupam. As propostas de trabalho terão como principal objetivo mobilizar os formandos para a criação bibliotecas híbridas, com uma presença digital estruturada, coerente e eficaz. As sessões de formação serão organizadas com base nos conhecimentos e pressupostos que os participantes detêm e nas suas expetativas, face ao módulo de formação proposto. Serão criadas oportunidades de trabalho individual e de grupo, privilegiando-se propostas integradoras de carácter prático, com a preocupação da ligação com os contextos do agrupamento e as vivências profissionais dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Nunes, M.B. (2018). Bibliotecas escolares: gestão, desenvolvimento e curadoria de coleções na era digital. Lisboa: Rede de Bibliotecas Escolares – Ministério da Educação. Disponível em: https://www.rbe.mec.pt/np4/682.htmlRede de Bibliotecas Escolares. (2020). Presença em linha de bibliotecas escolares: roteiro para a definição de uma política. Disponível em: https://www.rbe.mec.pt/np4/file/602/presenca_emlinha.pdfRede de Bibliotecas escolares. (2020). Serviço de referência nas bibliotecas escolares: orientações. Disponível em https://www.rbe.mec.pt/np4/file/598/servico_referencia.pdfRede de Bibliotecas Escolares. (2021). Programa Rede de Bibliotecas Escolares. Bibliotecas Escolares: Presentes para o futuro. Disponível em https://rbe.mec.pt/np4/file/890/qe__21.27.pdfRede de Bibliotecas Escolares. (2021) A Biblioteca Escolar no Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital da Escola. https://www.rbe.mec.pt/np4/file/635/padde_be.pdf


Observações

Professores Bibliotecários - Membros das equipas das bibliotecas.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 28-02-2023 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
2 07-03-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Online assíncrona
3 14-03-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Online assíncrona
4 21-03-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Online assíncrona
5 28-03-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Online assíncrona
6 04-04-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Online assíncrona
7 18-04-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Online assíncrona
8 24-04-2023 (Segunda-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Online síncrona

Ref. 206Turma 1 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116330/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 24-02-2023

Fim: 27-04-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Emídio Navarro+ Microsoft Teams

Formador

Maria João Oliveira Lopes Costa

Paula Cristina Santos Ferreira

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial, do grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial, do grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial, do grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Inclusão, equidade, cooperação, solidariedade, responsabilidade e interligação, são conceitos-chave que enformam as políticas e as práticas educativas. Assegurar o direito de todos à educação é garantir acesso, presença, participação e sucesso em processos educativos de qualidade. Os atores educativos, nomeadamente lideranças de topo e intermédias, são figuras essenciais na educação e na transformação social. Acolher e apoiar todos os alunos, independentemente das suas capacidades e exigências, são dois compromissos éticos e profissionais indiscutíveis. Uma escola inclusiva exige uma liderança eficaz, capaz de apoiar e promover o envolvimento de toda a comunidade escolar. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

Identificar práticas de gestão e organização pedagógica, de topo e intermédias, à luz dos normativos/documentos de referência sobre políticas de inclusão Explorar fatores que se constituem como obstáculo à inclusão na escola e sociedade Consolidar uma perspetiva de abordagem integrada de práticas que concorrem para a inclusão Refletir sobre a relevância das aprendizagens informais, os meios de as incorporar na promoção de ambientes educativos favoráveis à participação de alunos na condução do processo educativo Promover estratégias de otimização da participação dos alunos na vida da escola Elencar mecanismos de promoção do envolvimento das famílias na criação de ambientes inclusivos Refletir sobre o papel das lideranças na criação de ambientes promotores de aprendizagens não-formais e informais consistentes com os objetivos da educação inclusiva Equacionar os termos da cooperação interinstitucional em ordem à inclusão Refletir sobre instrumentos de monitorização das práticas de inclusão

Conteúdos

1. Enquadramento teórico e normativo 1.1. Quadro conceptual Os direitos humanos e as políticas de inclusão. Justiça distributiva e éticas do cuidado. Tradução dos princípios de justiça em direitos e capacidades. O projeto Strength Through Diversity e a diversidade dos públicos na educação escolar: dimensões da diversidade; abordagens multinível da diversidade em educação. 1.2. Quadro normativo de referência Os Decretos-Leis nº 54/2018 de 6 de julho (na sua redação atual) e n.º 55/2018, de 6 de julho (e respetivas Portarias). O Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. Autonomia e responsabilidade dos decisores locais: interpretação dos normativos; as margens de autonomia potenciada pela portaria n.º 181/2019, de 11 de junho, na sua redação atual. Documentos curriculares e instrumentos de autonomia dos AE/ENA. 1.3. Dimensões organizacionais das políticas de inclusão – exercício exploratório [trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 1.1. e 1.2.] 2. Concretização das políticas de inclusão 2.1 As escolas e as práticas A inclusão em contexto: modelos educativos e conceções de cidadania e equidade. 2.2. Os agentes sociais das práticas de inclusão Pessoas, instituições, ambientes de aprendizagem. Cooperação interinstitucional em ordem à inclusão. 2.3. Os recursos para a inclusão A identificação e gestão dos recursos (humanos, materiais, institucionais) e a sua potencialização na promoção da escola inclusiva. 2.4. Contextos de interação socioeducativa na perspetiva da inclusão: a sala de aula e ‘o resto’ – exercício exploratório [trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 2.1., 2.2. e 2.3.] 3. Conhecer, partilhar, decidir 3.1. Conhecer e cooperar com as pessoas e as instituições 3.2. Conhecer, estimular e proteger as crianças e jovens: princípios, métodos, instrumentos 3.3. Conhecer para transformar: dos instrumentos de suporte à monitorização às modalidades de participação de professores, pais e alunos nos processos de decisão – exercício exploratório [trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 3.1. e 3.2.] 4. Avaliação Apresentação e discussão dos trabalhos/produtos finais dos formandos

Metodologias

Exploração dos temas propostos, com adequado suporte teórico. Reflexão, análise e discussão em grupo, com recurso a fontes documentais pertinentes. Debate em plenário. Elaboração individual de trabalho/produto final da ação, em função dos interesses dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

Cerna, L. et al. (2021) Promoting inclusive education for diverse societies: A conceptual framework. Disponível em: Promoting inclusive education for diverse societies : A conceptual framework | OECD Education Working Papers | OECD iLibrary (oecd-ilibrary.org)Eurydice (2020). A equidade na educação escolar na Europa (trad. Lisboa: DGEEC/Unidade portuguesa de Eurydice). Disponível em: https://op.europa.eu/en/publication-detail/-/publication/517ee2ef-4404-11eb-b59f-01aa75ed71a1/language-ptEuropean Agency for Special Needs and Inclusive Education (2021). Inclusive School Leadership: A Tool for Self-Reflection on Policy and Practice. (M. Turner-Cmuchal, E. Óskarsdóttir and M. Bilgeri, eds.). Odense, Denmark. Disponível em: https://www.european-agency.org/sites/default/files/SISL_Self-Reflection_Tool.pdfPereira, F. (Coord.). (2018). Para uma Educação Inclusiva. Manual de Apoio à Prática. Lisboa. Ministério da Educação. Direção-Geral da Educação. Disponível em: https://dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdfUNESCO (2022). Reaching out to all learners: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO, IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 24-02-2023 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 28-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 22:00 3:30 Online síncrona
3 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 22:00 3:30 Presencial
4 14-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 21-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 28-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
7 18-04-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 27-04-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial


168

Ref. 206Turma 2 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116330/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 24-02-2023

Fim: 27-04-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Emídio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Paula Cristina Santos Ferreira

Maria João Oliveira Lopes Costa

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial, do grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial, do grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário, de Educação Especial, do grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Inclusão, equidade, cooperação, solidariedade, responsabilidade e interligação, são conceitos-chave que enformam as políticas e as práticas educativas. Assegurar o direito de todos à educação é garantir acesso, presença, participação e sucesso em processos educativos de qualidade. Os atores educativos, nomeadamente lideranças de topo e intermédias, são figuras essenciais na educação e na transformação social. Acolher e apoiar todos os alunos, independentemente das suas capacidades e exigências, são dois compromissos éticos e profissionais indiscutíveis. Uma escola inclusiva exige uma liderança eficaz, capaz de apoiar e promover o envolvimento de toda a comunidade escolar. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

Identificar práticas de gestão e organização pedagógica, de topo e intermédias, à luz dos normativos/documentos de referência sobre políticas de inclusão Explorar fatores que se constituem como obstáculo à inclusão na escola e sociedade Consolidar uma perspetiva de abordagem integrada de práticas que concorrem para a inclusão Refletir sobre a relevância das aprendizagens informais, os meios de as incorporar na promoção de ambientes educativos favoráveis à participação de alunos na condução do processo educativo Promover estratégias de otimização da participação dos alunos na vida da escola Elencar mecanismos de promoção do envolvimento das famílias na criação de ambientes inclusivos Refletir sobre o papel das lideranças na criação de ambientes promotores de aprendizagens não-formais e informais consistentes com os objetivos da educação inclusiva Equacionar os termos da cooperação interinstitucional em ordem à inclusão Refletir sobre instrumentos de monitorização das práticas de inclusão

Conteúdos

1. Enquadramento teórico e normativo 1.1. Quadro conceptual Os direitos humanos e as políticas de inclusão. Justiça distributiva e éticas do cuidado. Tradução dos princípios de justiça em direitos e capacidades. O projeto Strength Through Diversity e a diversidade dos públicos na educação escolar: dimensões da diversidade; abordagens multinível da diversidade em educação. 1.2. Quadro normativo de referência Os Decretos-Leis nº 54/2018 de 6 de julho (na sua redação atual) e n.º 55/2018, de 6 de julho (e respetivas Portarias). O Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória. Autonomia e responsabilidade dos decisores locais: interpretação dos normativos; as margens de autonomia potenciada pela portaria n.º 181/2019, de 11 de junho, na sua redação atual. Documentos curriculares e instrumentos de autonomia dos AE/ENA. 1.3. Dimensões organizacionais das políticas de inclusão – exercício exploratório [trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 1.1. e 1.2.] 2. Concretização das políticas de inclusão 2.1 As escolas e as práticas A inclusão em contexto: modelos educativos e conceções de cidadania e equidade. 2.2. Os agentes sociais das práticas de inclusão Pessoas, instituições, ambientes de aprendizagem. Cooperação interinstitucional em ordem à inclusão. 2.3. Os recursos para a inclusão A identificação e gestão dos recursos (humanos, materiais, institucionais) e a sua potencialização na promoção da escola inclusiva. 2.4. Contextos de interação socioeducativa na perspetiva da inclusão: a sala de aula e ‘o resto’ – exercício exploratório [trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 2.1., 2.2. e 2.3.] 3. Conhecer, partilhar, decidir 3.1. Conhecer e cooperar com as pessoas e as instituições 3.2. Conhecer, estimular e proteger as crianças e jovens: princípios, métodos, instrumentos 3.3. Conhecer para transformar: dos instrumentos de suporte à monitorização às modalidades de participação de professores, pais e alunos nos processos de decisão – exercício exploratório [trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 3.1. e 3.2.] 4. Avaliação Apresentação e discussão dos trabalhos/produtos finais dos formandos

Metodologias

Exploração dos temas propostos, com adequado suporte teórico. Reflexão, análise e discussão em grupo, com recurso a fontes documentais pertinentes. Debate em plenário. Elaboração individual de trabalho/produto final da ação, em função dos interesses dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

Cerna, L. et al. (2021) Promoting inclusive education for diverse societies: A conceptual framework. Disponível em: Promoting inclusive education for diverse societies : A conceptual framework | OECD Education Working Papers | OECD iLibrary (oecd-ilibrary.org)Eurydice (2020). A equidade na educação escolar na Europa (trad. Lisboa: DGEEC/Unidade portuguesa de Eurydice). Disponível em: https://op.europa.eu/en/publication-detail/-/publication/517ee2ef-4404-11eb-b59f-01aa75ed71a1/language-ptEuropean Agency for Special Needs and Inclusive Education (2021). Inclusive School Leadership: A Tool for Self-Reflection on Policy and Practice. (M. Turner-Cmuchal, E. Óskarsdóttir and M. Bilgeri, eds.). Odense, Denmark. Disponível em: https://www.european-agency.org/sites/default/files/SISL_Self-Reflection_Tool.pdfPereira, F. (Coord.). (2018). Para uma Educação Inclusiva. Manual de Apoio à Prática. Lisboa. Ministério da Educação. Direção-Geral da Educação. Disponível em: https://dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdfUNESCO (2022). Reaching out to all learners: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO, IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 24-02-2023 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 28-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 22:00 3:30 Online síncrona
3 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 22:00 3:30 Presencial
4 14-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 21-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
6 28-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
7 19-04-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
8 02-05-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial


169

Ref. 192Turma 2 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117483/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 10-01-2023

Fim: 28-03-2023

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS, Escola Secundaria Alves Martins

Formador

José Carlos Amaral de Melo

Henrique Jorge de Almeida Carvalho

Destinatários

Educadores de Infância

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Considera-se fundamental no PTD a integração e capacitação digital dos educadores de infância nas suas práticas pedagógicas. Esta capacitação representa uma forte aposta no processo de valorização e no desenvolvimento profissional dos docentes no domínio da literacia digital e das competências digitais, no sentido de os dotar das competências necessárias à integração transversal, de modo a que estas se afirmem como facilitadoras das práticas profissionais e pedagógicas e, simultaneamente, promotoras de inovação no processo de ensino e de aprendizagem. O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores é o referencial que dá suporte a este plano, contribuindo para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional.

Objetivos

Pretende-se apoiar os educadores na promoção de estratégias e de ações integradoras do digital que permitam melhorar a qualidade do trabalho realizado. São objetivos específicos da oficina: Conceber, selecionar e partilhar recursos digitais no âmbito da educação de infância; Integrar o digital nas propostas educativas, numa perspetiva da articulação plena das aprendizagens; Planificar, avaliar e comunicar com recurso ao digital. Capacitar os docentes da EPE para a promoção da utilização crítica e responsável de diferentes suportes digitais nas atividades do quotidiano das crianças.

Conteúdos

1. Exploração de opções digitais para colaboração e comunicação institucional e melhoria da prática profissional. 2. Exploração de estratégias de promoção do uso pedagógico de tecnologias digitais. 3. Exploração, seleção e adequação de Recursos Educativos Digitais (RED) ao contexto de aprendizagem. 4. Integração significativa de RED na melhoria de atividades de ensino e aprendizagem. 5. Exploração de recursos digitais de apoio ao planeamento e à avaliação das aprendizagens. 6. Planificação de atividades, projetos e outras metodologias com recurso às tecnologias digitais. 7. Utilização de estratégias para suporte ao desenho e implementação de atividades de promoção da cidadania digital das crianças. 8. Apresentação e partilha das atividades desenvolvidas pelos formandos na oficina. 9. Reflexão e debate sobre as atividades apresentadas e análise dos resultados obtidos pela sua implementação. 10. Avaliação e conclusões.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 10-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 17-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 24-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 31-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 07-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 14-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
7 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 14-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 21-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
10 28-03-2023 (Terça-feira) 17:30 - 21:30 4:00 Presencial


151

Ref. 179Turma 1 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116687/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 28-10-2022

Fim: 24-05-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Infante D. Henrique

Formador

Maria Martins

José Pereira de Sousa

Dinis Augusto Saraiva

Ana Paula dos Reis Campos Carlão

Fátima Loreta da Vila

Anabela de Oliveira Duarte da Cruz Carvalho

Cristina da Conceição de Almeida Reis

José Bernardino Seixas Marques

António Fernando da Silva Santos

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Esta formação integra o Plano de Formação do AE Infante D. Henrique há 10 anos consecutivos. abordagem das temáticas propostas a partir do levantamento das necessidades de formação/solicitações por parte dos docentes do agrupamento, visa a sua capacitação para um melhor desempenho profissional, através da reflexão conjunta e da construção partilhada de respostas contextualizadas às dificuldades sentidas nas escolas deste agrupamento e publicamente assumidas no seu PE. Assim, as respostas construídas, ao decorrerem da discussão e partilha alargadas (um grande nº de docentes de todos os departamentos), continuam a revelar-se mais robustas, de implementação generalizada mais consensual e, consequentemente, mais eficazes.

Objetivos

- Contribuir para a melhoria da ação educativa da escola através da promoção da melhoria das práticas profissionais dos professores;- Proporcionar formação contextualizada, de acordo com as especificidades do agrupamento e indo ao encontro das necessidades identificadas no seu plano de formação;- Promover o trabalho colaborativo e o desenvolvimento profissional e organizacional;- Incrementar o espírito reflexivo e autocrítico dos professores face às suas práticas profissionais, através da criação de um espaço de partilha e reflexão conjunta;- Contribuir para a melhoria das aprendizagens, através da construção partilhada de soluções pertinentes e contextualizadas.

Metodologias

Esta ação, enquadrada na perspetiva de construção partilhada e contextualizada de respostas, é constituída por 5 sessões de 3h , práticas e reflexivas, a desenvolver entre setembro de 2022 e maio de 2023, com um formato comum:-Componente mais teórica (45 a 60 min) - apresentação teórico-concetual e atualizada da temática, de forma dinâmica e interativa, em que os docentes podem partilhar experiências, dificuldades, expetativas, propostas, -Componente prática (cerca de 60 min) - os docentes são divididos em pequenos grupos de trabalho para, a partir dessa abordagem, poderem elaborar/reformular propostas de estratégias, recursos/materiais pedagógicos: fichas/grelhas/planos de aula/estratégias de atuação, para abordagem com os alunos, reflexão/trabalho em grupo/departamento, abordagem dos DT aos EE, resolução de problemas. Nos últimos 60 minutos, e de novo em grande grupo, são apresentadas as propostas, a partir das quais é elaborada uma proposta final a implementar no agrupamento

Avaliação

Escala de avaliação de 1 a 10 valores de acordo com o ECD e com as cartas circulares 3/2007 e 1/2008 do CCPFC. A aprovação na ação dependerá da obtenção de classificação igual ou superior a 5 valores e da frequência mínima de 2/3 do total de horas conjuntas da Ação. - Relatório crítico centrado nas temáticas de cada um dos módulos da formação.

Bibliografia

Nóvoa, A. E Alvim, Y. (2022). Escolas e Professores Proteger, Transformar, Valorizar. Salvador, Bahia.Roldão, Céu. (2018). Gestão Curricular Revisitada. Direção- Geral da Educação. Lisboa: Ministério da Educação.Machado, E. (2022). Autoavaliação. Folha de apoio à formação-Projeto MAIA. Lisboa: Ministério da Educação.Cosme, A., Lima, L, Ferreira, D, Ferreira, N. (2021). Metodologias, Métodos e Situações de Aprendizagem. Propostas e Estratégias de Ação. Porto Editora. Porto.

Anexo(s)


Observações

Critérios de seleção: 1 - Docentes do AE Infante D. Henrique; 2 - Docentes de outros AE/EnA que sejam EE de alunos do AE Infante D. Henrique; 3 - Docentes de outros AE/EnA. Dentro de cada critério, por data de progressão e ordem de inscrição.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 28-10-2022 (Sexta-feira) 21:00 - 23:59 2:59 Presencial
2 25-11-2022 (Sexta-feira) 21:00 - 23:59 2:59 Presencial
3 20-01-2023 (Sexta-feira) 21:00 - 23:59 2:59 Presencial
4 17-03-2023 (Sexta-feira) 21:00 - 23:59 2:59 Presencial
5 24-05-2023 (Quarta-feira) 18:45 - 21:45 3:00 Presencial

Ref. 120Turma 20 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 26-10-2022

Fim: 29-01-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emidio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Carlos Manuel Rodrigues de Almeida

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 26-10-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
2 29-10-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
3 09-11-2022 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
4 12-11-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
5 23-11-2022 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
6 26-11-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
7 06-12-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 25-01-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
9 28-01-2023 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial


139

Ref. 121Turma 5 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117457/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 25-10-2022

Fim: 18-02-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emidio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Fernando Jorge Bastos dos Santos de Lima

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 25-10-2022 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 07-11-2022 (Segunda-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 14-11-2022 (Segunda-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 28-11-2022 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
5 12-12-2022 (Segunda-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 09-01-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 16-01-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 23-01-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
9 30-01-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
10 18-02-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial


131

Ref. 104Turma 20 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 25-10-2022

Fim: 07-02-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Alves Martins + Microsoft Teams

Formador

José Bernardino Seixas Marques

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 25-10-2022 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 08-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 15-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 22-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 29-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 06-12-2022 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
7 03-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 10-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 17-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
10 24-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
11 07-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial


136

Ref. 120Turma 21 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 25-10-2022

Fim: 23-01-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emidio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Nuno Miguel Martins Barros

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 25-10-2022 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 29-10-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
3 15-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 19-11-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
5 28-11-2022 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
6 03-12-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
7 17-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 21-01-2023 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial


140

Ref. 120Turma 23 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 20-10-2022

Fim: 28-01-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Alves Martins + Microsoft Teams

Formador

Henrique Jorge de Almeida Carvalho

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 20-10-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 27-10-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 03-11-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 10-11-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 17-11-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 24-11-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 15-12-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 05-01-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
9 12-01-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
10 19-01-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
11 26-01-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial


142

Ref. 104Turma 16 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 19-10-2022

Fim: 02-02-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Viriato + Microsoft Teams

Formador

Victor Júlio Vicente Gomes

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 19-10-2022 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
2 02-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 09-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 16-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 23-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 30-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 07-12-2022 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
8 04-01-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 11-01-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
10 18-01-2023 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
11 01-02-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial


132

Ref. 104Turma 18 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117456/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 19-10-2022

Fim: 02-02-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Viriato + Microsoft Teams

Formador

Amandio de Carvalho Marques

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 19-10-2022 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
2 25-10-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 02-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 08-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 15-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 22-11-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 30-11-2022 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial
8 06-12-2022 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 10-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
10 17-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
11 08-02-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial


134

Ref. 120Turma 19 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 19-10-2022

Fim: 23-01-2023

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Emidio Navarro + Microsoft Teams

Formador

Carlos Manuel Rodrigues de Almeida

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 19-10-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
2 22-10-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
3 02-11-2022 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
4 05-11-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
5 16-11-2022 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
6 19-11-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
7 30-11-2022 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 18-01-2023 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
9 21-01-2023 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial


138

Ref. 222Turma 3 Concluída

Registo de acreditação: ACD 026 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 24-05-2023

Fim: 24-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato – Biblioteca

Formador

Vítor João Peixoto Cardoso Oliveira

Destinatários

Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A necessidade da criação e evolução de ferramentas que dessem suporte a novas e mais eficientes formas no processo ensino/aprendizagem e da colaboração em rede. Através da sua integração com o Microsoft Office 365, o Microsoft Teams tornou-se uma das mais populares ferramentas de colaboração, integrando num mesmo produto capacidades de conversa, chamadas, videoconferências, partilha de arquivos, trabalho colaborativo completo, etc. No final da ação os participantes deverão ser capazes de: – identificar diferentes modalidades de experiência de uso do Microsoft Teams – identificar as capacidades dos diferentes perfis de utilizadores – criar e gerir equipas e seus respetivos utilizadores – organizar conversas em canais – criar, agendar e gerir videochamadas e reuniões com múltiplos utilizadores – criar, gerir e trabalhar colaborativamente em documentos – selecionar e utilizar apps facultativas para a ampliação de funcionalidades do Microsoft Teams – usar atalhos e personalizar a plataforma – usar a versão móvel do Microsoft Teams

Conteúdos

– Conceito de Ferramenta de Apoio ao processo de ensino/aprendizagem; – Aceder ao Microsoft Teams em diferentes dispositivos; – Comandos e funções básicas do Microsoft Teams; – Criar equipas e gerir os seus participantes; – Criar canais públicos e privados; – Gerir/partilhar informação no Microsoft Teams (OneDrive, partilha de ficheiros, permissões de partilha); – Formas de comunicação síncrona (chat, partilha de ecrã, chamada com e sem vídeo); – Criar reuniões/aulas síncronas no Microsoft Teams; – Submeter tarefas (Questionários, Formulários e outras) aos alunos; – Consultar atividade;


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 24-05-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 222Turma2 Concluída

Registo de acreditação: ACD 026 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 17-05-2023

Fim: 17-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato – Biblioteca

Formador

Amandio de Carvalho Marques

Destinatários

Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A necessidade da criação e evolução de ferramentas que dessem suporte a novas e mais eficientes formas no processo ensino/aprendizagem e da colaboração em rede. Através da sua integração com o Microsoft Office 365, o Microsoft Teams tornou-se uma das mais populares ferramentas de colaboração, integrando num mesmo produto capacidades de conversa, chamadas, videoconferências, partilha de arquivos, trabalho colaborativo completo, etc. No final da ação os participantes deverão ser capazes de: – identificar diferentes modalidades de experiência de uso do Microsoft Teams – identificar as capacidades dos diferentes perfis de utilizadores – criar e gerir equipas e seus respetivos utilizadores – organizar conversas em canais – criar, agendar e gerir videochamadas e reuniões com múltiplos utilizadores – criar, gerir e trabalhar colaborativamente em documentos – selecionar e utilizar apps facultativas para a ampliação de funcionalidades do Microsoft Teams – usar atalhos e personalizar a plataforma – usar a versão móvel do Microsoft Teams

Conteúdos

– Conceito de Ferramenta de Apoio ao processo de ensino/aprendizagem; – Aceder ao Microsoft Teams em diferentes dispositivos; – Comandos e funções básicas do Microsoft Teams; – Criar equipas e gerir os seus participantes; – Criar canais públicos e privados; – Gerir/partilhar informação no Microsoft Teams (OneDrive, partilha de ficheiros, permissões de partilha); – Formas de comunicação síncrona (chat, partilha de ecrã, chamada com e sem vídeo); – Criar reuniões/aulas síncronas no Microsoft Teams; – Submeter tarefas (Questionários, Formulários e outras) aos alunos; – Consultar atividade;


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 17-05-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 222Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 026 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 10-05-2023

Fim: 10-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Viriato – Biblioteca

Formador

Zaida Varzielas Pego Roque

Destinatários

Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A necessidade da criação e evolução de ferramentas que dessem suporte a novas e mais eficientes formas no processo ensino/aprendizagem e da colaboração em rede. Através da sua integração com o Microsoft Office 365, o Microsoft Teams tornou-se uma das mais populares ferramentas de colaboração, integrando num mesmo produto capacidades de conversa, chamadas, videoconferências, partilha de arquivos, trabalho colaborativo completo, etc. No final da ação os participantes deverão ser capazes de: – identificar diferentes modalidades de experiência de uso do Microsoft Teams – identificar as capacidades dos diferentes perfis de utilizadores – criar e gerir equipas e seus respetivos utilizadores – organizar conversas em canais – criar, agendar e gerir videochamadas e reuniões com múltiplos utilizadores – criar, gerir e trabalhar colaborativamente em documentos – selecionar e utilizar apps facultativas para a ampliação de funcionalidades do Microsoft Teams – usar atalhos e personalizar a plataforma – usar a versão móvel do Microsoft Teams

Conteúdos

– Conceito de Ferramenta de Apoio ao processo de ensino/aprendizagem; – Aceder ao Microsoft Teams em diferentes dispositivos; – Comandos e funções básicas do Microsoft Teams; – Criar equipas e gerir os seus participantes; – Criar canais públicos e privados; – Gerir/partilhar informação no Microsoft Teams (OneDrive, partilha de ficheiros, permissões de partilha); – Formas de comunicação síncrona (chat, partilha de ecrã, chamada com e sem vídeo); – Criar reuniões/aulas síncronas no Microsoft Teams; – Submeter tarefas (Questionários, Formulários e outras) aos alunos; – Consultar atividade;


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 10-05-2023 (Quarta-feira) 15:30 - 18:30 3:00 Presencial

Ref. 215Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 021 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 4.0 horas

Início: 06-05-2023

Fim: 06-05-2023

Regime: Presencial

Local: Auditório da ESTGViseu

Formador

Maria Martins

Dinis Augusto Saraiva

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Com esta formação pretende-se promover a reflexão entre professores, pais e encarregados de educação, pessoal não docente e toda a comunidade educativa, em torno da necessidade de construção e constante aperfeiçoamento de uma escola verdadeiramente inclusiva, através da criação de condições de equidade para que todos e cada um dos alunos tenha efetivo acesso ao currículo. - Nesse sentido, é fundamental que se promova uma cultura de gestão contextualizada do currículo, materializado em opções curriculares e pedagógicas assenes na perspetiva de que o professor é um co-construtor e um gestor do currículo, e constitui uma ferramenta poderosa e fundamental para a promoção de aprendizagens significativas, no sentido da construção de percursos escolares e educativos de qualidade para todos e para cada um dos alunos.

Conteúdos

1. Educação Inclusiva: questões de equidade 2. Uma visão inclusiva de todos os envolvidos: a importância do bem-estar dos profissionais da educação

Anexo(s)

XIII Seminário “EDUCAÇÃO EM DEBATE: (Re)pensar a Relação Escola- Família- Comunidade”


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 06-05-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial

Ref. 112Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 022 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 02-05-2023

Fim: 02-05-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Infante D.Henrique

Formador

Anabela de Oliveira Duarte da Cruz Carvalho

Maria do Carmo Vaz Nunes Dias dos Santos

Destinatários

Professores do 1º Ciclo;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

Consciência fonológica; Conhecimento fonológico; Lugar da sílaba na língua portuguesa; Constituintes silábicos e a forma como se organizam; Os sons da fala.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 02-05-2023 (Terça-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial

Ref. 213Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 020 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 24-04-2023

Fim: 24-04-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Digital Zoom

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

IAVE, Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A desmaterialização dos processos inerentes à avaliação externa – projeto DAVE - pressupõe algumas mudanças e alterações, quer ao nível dos procedimentos técnicos da elaboração dos instrumentos de avaliação, quer no que respeita às questões tecnológicas de suporte à aplicação e à classificação. Esta ACD visa esclarecer os aspetos mais relevantes dessas alterações, e também abordar a possível transversalidade entre a avaliação externa e o desenvolvimento curricular na utilização de meios digitais e tecnológicos no processo de ensino e de aprendizagem.

Objetivos

Principais objetivos: - clarificação de conceitos relativos à avaliação em suporte eletrónico; - vantagens da avaliação em suporte eletrónico, por comparação com a avaliação em suporte de papel; - potencialidades da avaliação em suporte eletrónico; - projetos e ferramentas de avaliação em suporte eletrónico já desenvolvidos e utilizados.

Conteúdos

Desmaterializar a avaliação o significado e possibilidades o desafios tecnológicos

Anexo(s)

desmaterialização da avaliacao externa


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 24-04-2023 (Segunda-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona

Ref. 217Turma 3 Concluída

Registo de acreditação: ACD 023 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 14-04-2023

Fim: 14-04-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Viseu Norte

Destinatários

Pessoal não docente;

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

Infância como conceito artificial histórico vida e cérebro cérebro original e funções nervosas superiores o papel regulador da fala na formação da personalidade relação mutuamente comprometida e desenvolvimento da personalidade


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 14-04-2023 (Sexta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 217Turma 2 Concluída

Registo de acreditação: ACD 023 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 13-04-2023

Fim: 13-04-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Viseu Norte

Destinatários

Pessoal não docente;

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

Infância como conceito artificial histórico vida e cérebro cérebro original e funções nervosas superiores o papel regulador da fala na formação da personalidade relação mutuamente comprometida e desenvolvimento da personalidade


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 13-04-2023 (Quinta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 217Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 023 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 12-04-2023

Fim: 12-04-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Viseu Norte

Formador

Florbela de Almeida Correia Soutinho

Destinatários

Pessoal não docente;

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

Infância como conceito artificial histórico vida e cérebro cérebro original e funções nervosas superiores o papel regulador da fala na formação da personalidade relação mutuamente comprometida e desenvolvimento da personalidade


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 12-04-2023 (Quarta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 202Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116329/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 07-03-2023

Fim: 30-03-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Elsa Maria Pereira Rodrigues

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Professores de Educação Especial e grupo de recrutamento 360.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O enquadramento legal da educação inclusiva e as orientações sobre a recuperação das aprendizagens constituem um enorme desafio para novas práticas inclusivas em sala de aula, bem como novas metodologias que promovam as aprendizagens de todos os alunos. Assim, há que criar ambientes seguros e estimulantes nas escolas para que o diálogo, a reflexão e a partilha desbravem o caminho e orientem todos os agentes educativos para as mudanças a realizar. Esta ação de formação procura contribuir para uma reflexão crítica sobre os desafios da diversidade, bem como apoiar a operacionalização de práticas pedagógicas ajustadas para que os alunos sejam melhores aprendentes e o professor melhor ensinante, definindo com maior acuidade as ações bem como as evidências a identificar em contexto de sala de aula. A presente ação insere-se no processo de concretização do Projeto Educação Inclusiva 21-23 e do plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos do ensino básico e secundário, Plano 21|23 Escola+.

Objetivos

Explorar os documentos legislativos (DL n.º 54/2018 e 55/2018, PASEO, Aprend. Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas pedagógicas mais inclusivas Consolidar o conhecimento sobre os modelos de enquadramento à operacionalização da educação inclusiva nas suas características essenciais Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos (Desenho Universal para a Aprendizagem) Aprofundar o conhecimento sobre metodologias e estratégias pedagógicas inclusivas e inovadoras Consolidar a implementação do ciclo: Avaliar–Planear–Agir– Rever para a inclusão Promover a avaliação como parte integrante da gestão inclusiva do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens Reforçar competências de trabalho colaborativo, reflexivo e de resolução de problemas entre os profissionais

Conteúdos

Módulo 1 - Impacto das orientações de política educativa nas práticas pedagógicas • Exploração de documentos legislativos (DL n.º 54/2018, DL n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e Aprendizagens Essenciais) de apoio à prática letiva de forma integrada, destacando-se a reflexão e a análise de práticas sobre: o os valores e princípios de base humanista, onde o aluno assume a centralidade da ação; o a gestão inclusiva, integrada, flexível e articulada do currículo; o o recurso a modelos de intervenção e modelos pedagógicos de resposta à diversidade e de promoção de uma educação de qualidade para todos os alunos; o a valorização da avaliação como parte integrante da gestão do currículo e instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens; o a voz dos alunos e das suas famílias, aumentando os seus níveis de participação. Módulo 2 - Ambientes educativos inclusivos - opções metodológicas • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos. • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (Desenho Universal para a Aprendizagem). Módulo 3 – Gerir a diversidade em sala de aula • Gestão da diversidade em sala de aula atendendo à participação e aprendizagem efetivas de todos os alunos – partilha de práticas. • Mecanismos de planeamento e gestão curricular com caráter intencional e estratégico, que conciliem as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos. Módulo 4 – Avaliação como processo regulador do ensino e da aprendizagem • Caráter contínuo e sistemático da avaliação, ao serviço das aprendizagens, enquanto processo regulador do ensino e das aprendizagens. • Planificação intencional da avaliação formativa tendo como objetivos melhorar os resultados das aprendizagens e ajustar o processo de ensino. • O feedback como uma das dimensões indispensáveis à aplicação prática da avaliação formativa na sala de aula.

Metodologias

Nesta formação, em regime de frequência e-learning, serão abordados os conteúdos recorrendo a metodologias ativas de ensino e de aprendizagem. Será privilegiado o trabalho em pequeno e grande grupo com momentos de reflexão e de discussão restrita e alargada. Nas sessões, devem ser definidos tempos de partilha e de reflexão em torno das experiências e das práticas dos formandos, devendo o formador ter um papel ativo na ligação das práticas às políticas educativas de inclusão. Os docentes devem ser desafiados à revisão das suas práticas pedagógicas de acordo com os referenciais normativos em vigor. Elaboração de trabalho/reflexão final individual em função dos interesses e preferências dos formandos.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado pelos formandos.

Bibliografia

DGE (2018), Para uma educação inclusiva: Manual de Apoio à Prática Disponível em https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf Acesso 02/02/2022Cosme, A., Lima L., Ferreira D., Ferreira N., Metodologias, métodos e situações de aprendizagem: propostas e estratégias de ação : ensino básico, ensino secundário,1ª ed. - Porto: Porto Editora, 2021.European Agency for Special Needs and Inclusive Education (2018), Key Actions for Raising Achievement, Guidance for Teachers and Leaders Disponível em https://www.european-agency.org/sites/default/files/Key%20Actions%20for%20Raising%20Achievement.pdf Acesso 02/02/2022Fernandes, D. (2021). Para uma Fundamentação e Melhoria das Práticas de Avaliação Pedagógica no Âmbito do Projeto MAIA, Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação. Acesso 02/02/2022UNESCO (2022). REACHING OUT TO ALL LEARNERS: a resource pack for supporting inclusion and equity in education. Geneva: UNESCO – IBE. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/en/news/reaching-out-all-learners-resource-pack-supporting-inclusion-and-equity-education.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
2 09-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 11-03-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
4 14-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 16-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 21-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
7 23-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
8 24-03-2023 (Sexta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 28-03-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
10 30-03-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Online síncrona


179

Ref. 191Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-118536/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 01-03-2023

Fim: 10-05-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Emídio Navarro

Formador

Santiago Pinto Teixeira

Destinatários

Professores dos grupos 520 e 560

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 520 e 560. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 520 e 560.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Proporcionar aos docentes competências que lhes permitam usufruir com qualidade e eficiência da tecnologia de tratamento de imagem. A imagem digital é uma ferramenta com grandes potencialidades de utilização no dia-a-dia de um professor, quer em contexto de aula, por exemplo na aquisição e tratamento de imagens aquando da realização de uma experiência, quer no processo de avaliação através do uso de gráficos, esquemas ou imagens. Atualmente ainda existem muitos professores que continuam a “colar” nos seus recursos imagens recolhidas de livros, internet, etc., muitas vezes sem qualidade, que acabam por não permitir aos professores extrair o máximo de rendimento dos seus recursos. Pretende-se com esta formação ultrapassar esses constrangimentos.

Objetivos

No final da ação pretende-se que os docentes sejam capazes de: Compreender a importância da imagem digital no ensino; Refletir sobre o impacto e o potencial da imagem na sala de aula; Criar imagens digitais capazes de provocar aprendizagens significativas nos alunos; Aplicar várias funcionalidades dos programas de tratamento de imagem.

Conteúdos

1. Apresentação da ação de formação– 1h 2. Instalação do software a utilizar no decorrer da ação – 1h 3. Introdução ao conceito de imagem digital – 1h 4. Potencialidades da imagem digital na sala de aula – 1h 5. Análise das diferentes ferramentas e funções dos programas de tratamento da imagem digital e de desenho vetorial– 15 h 6. Apresentação dos trabalhos elaborados – 5h 7. Avaliação do curso – 1h

Avaliação

Para além do cumprimento das determinações legais, a avaliação dos formandos terá por base a qualidade e adequação dos materiais pedagógicos produzidos, sendo formalizada numa escala de classificação quantitativa de 1 a 10 valores.

Bibliografia

https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/18500/TCCE_TICAE_EaD_2011_SCHNEIDER_MARIA.pdf?sequence=1&isAllowed=yhttps://docs.gimp.org/2.10/pt_BR/https://inkscape-manuals.readthedocs.io/en/latest/


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-03-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
2 15-03-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
3 22-03-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
4 29-03-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
5 19-04-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
6 26-04-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
7 03-05-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
8 10-05-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 19:00 2:00 Presencial
9 17-05-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 19:00 2:00 Presencial

Ref. 210Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-119420/23

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 20-02-2023

Fim: 25-02-2023

Regime: Presencial

Local: JF 79 SPORTS CENTER – CABANÕES VISEU

Formador

Paulo Alexandre Ferreira Loureiro

Destinatários

Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O crescente interesse pelo Padel como desporto é expresso não só pelo aumento do número de praticantes, como também pela maior participação de atletas em competições. A proposta de integração do Padel como modalidade alternativa, na revisão dos programas de Educação Física, lança novos desafios aos professores de Ed. Física, cujo conhecimento acerca da modalidade é muito reduzido, visto que a formação inicial não contemplou o ensino do Padel. Pretendemos que os participantes preencham uma lacuna na sua formação inicial e/ou contínua, proporcionando vivências práticas e competências técnicas para a aplicação de um programa de Padel na escola, e através de uma reflexão cuidada, evidenciar o valor educativo desta modalidade.

Objetivos

1. Sensibilizar os professores para a importância da prática do Padel, e evidenciar os princípios educativos deste desporto no meio escolar. 2. Permitir a aquisição de competências essenciais ao ensino da modalidade e que melhorem a capacidade de intervenção junto dos alunos. 3. Promover e aplicar sistemas de observação e avaliação específicos à detecção de erros técnicos. 4. Analisar e aplicar propostas de programa da modalidade à realidade escolar. 5. Divulgar os sistemas de competição mais comuns adaptados à realidade escolar. 6. Promover a criação de clubes de Padel no âmbito do Despor

Conteúdos

Componente Teórica (2 horas): Componente Teórico-prática 1 ( 15 horas): Material utilizado na prática do Padel Campo, bolas, Raquetes, Rede Sistemas de Competição Séries, eliminatórias; Boletins de Jogo Técnicas diversas Posição base Gestos técnicos ofensivos e defensivos Serviço Sistemas de treino Técnico, tático Deslocamentos Preparação física específica Treino c/balde de bolas

Metodologias

Aulas Teóricas: Apresentação e caracterização sucinta da modalidade Utilização de sistemas multimédia Teórico-práticas: A ação será essencialmente prática: Abordagem e prática dos principais gestos técnicos Avaliação prática com a organização/realização de um torneIo interno

Avaliação

Classificação na escala de 1 a 10, conforme indicado na Carta Circular CCPFC - 3/2007 - Setembro 2007 Cada formando realizará um trabalho escrito individual.

Bibliografia

Almonacid, B. (2012). Perfil de juego en el pádel de alto nivel. Tesis Doctoral: Universidad de Jaén. Badan, M., Hauert, C.A. & Mounoud, P. (2000). Sequential pointing in children and adults. Journal of Experimental Child Psychology, 75, 43-69. Sarmento, P. (2004). Pedagogia do desporto e observação. Cruz Quebrada: Faculdade de Motricidade Humana. Schön, D. A. (1992). Formar professores como profissionais reflexivos. In A. Nóvoa (Ed.), Os professores e a sua formação (pp. 77-92). Lisboa: Dom Quixote. Shigunov, V. (1991). A relação pedagógica em educação física: Influência dos comportamentos de afetividade e instrução dos professores no grau de satisfação dos alunos. Lisboa: V. Shigunov. Dissertação de Doutoramento apresentada a Universidade Técnica de Lisboa - Faculdade de Motricidade Humana. Siedentop, D. (1991). Developing teaching skills in physical education (3a ed.). Mountain View


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 20-02-2023 (Segunda-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
2 20-02-2023 (Segunda-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
3 21-02-2023 (Terça-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
4 21-02-2023 (Terça-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
5 22-02-2023 (Quarta-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
6 22-02-2023 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
7 25-02-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial

Ref. 207Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 019 2022/23

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 08-02-2023

Fim: 08-02-2023

Regime: Presencial

Local: Instituto Politécnico de Viseu

Formador

Ana Mafalda Melo e Silva de Almeida Ribeiro

Sérgio Félix

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O seminário “Valorizar e des(a)fiar a escola” tem como objetivo ouvir diferentes especialistas sobre algumas temáticas que são hoje essenciais para a inovação e melhoria da educação em Portugal, tal como, a importância da felicidade e de lideranças inspiradoras nas escolas, projetos centrados nos alunos e nas suas necessidades. No seminário haverá ainda oportunidade para se partilharem diferentes práticas pedagógicas nacionais e do território de Viseu Dão Lafões.

Conteúdos

Temáticas cruciais na educação: Felicidade nas escolas; Lideranças empáticas e inspiradoras; STEAM; Prevenção e diagnóstico de dificuldades; Inclusão; Escola centrada nos alunos e Criatividade e tecnologia na educação. • Sucesso educativo em Viseu Dão Lafões


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 08-02-2023 (Quarta-feira) 09:30 - 17:30 8:00 Presencial

Ref. 105Turma 2 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-112350/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 07-02-2023

Fim: 16-03-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas do Viso

Formador

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Destinatários

Professores do 1º Ciclo; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º Ciclo; Professores da Educação Especial;. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º Ciclo; Professores da Educação Especial;.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O desafio que se coloca às escolas é responder aos alunos com necessidades educativas específicas, no âmbito de uma escola inclusiva, de modo que cada um aprenda independentemente da sua situação pessoal e social, assegurando a todos a aquisição de um nível de competências que permita a plena integração na sociedade. A utilização de práticas motivadoras e que promovem a aprendizagem, trazem uma série de benefícios para o desenvolvimento global destes alunos. Basicamente, elas misturam um conjunto de ações que estimulam o cérebro dos participantes, fazendo-os sentir-se bem; promovem competências que irão ajudar nas aprendizagens essenciais e no processo de socialização. O professor de Educação Especial deverá centrar-se nesta perspetiva holística, criando bem-estar e o desenvolvimento de competências que permitam um acesso mais facilitado ao currículo.

Objetivos

Saber acolher e gerir a diversidade de interesses, motivações e expetativas, capacidades e ritmos de desenvolvimento de todos os alunos; - Rever conhecimentos científicos, pedagógicos e técnicos no âmbito do processo de ensino/ aprendizagem; - Firmar conhecimentos sobre modalidades de atendimento a alunos com necessidades específicas de aprendizagem, nomeadamente aqueles que usufruem de Adaptações Curriculares Significativas; - Planificar metodologias de ensino que atendam às verdadeiras necessidades dos discentes; - Delinear e partilhar materiais pedagógicos; - Promover estratégias educativas diversificadas e funcionais; - Construir materiais específicos de apoio à aprendizagem; - Proporcionar a estes alunos situações pedagógicas conducentes ao sucesso educativo

Conteúdos

Este curso de Formação está organizado num conjunto de 3 módulos, cujos conteúdos serão ajustados às necessidades dos formandos. Módulo 1 (3horas) - Apresentação da ação e dos diversos módulos, bem como do processo de avaliação; - Discussão dos objetivos e da metodologia da formação; - Enquadramento concetual da educação inclusiva no âmbito da legislação em vigor. Módulo 2 (9 horas) - Sensibilização dos professores para a utilização de estratégias e técnicas específicas no âmbito das medidas previstas no art.º 10º do Decreto-lei nº 54 de 2018, concretamente Adaptações Curriculares Significativas; - Contribuição das mesmas para melhorar a eficácia de intervenção dos docentes e profissionais, visando a promoção de aprendizagens essenciais; - Sensibilização para a diferenciação na intervenção com alunos com Necessidades Educativas Específicas; - Reflexão e partilha de experiências pedagógicas suscetíveis de melhorar a intervenção educativa; - Exercícios práticos. Módulos 3 e 4 (13 horas - 6 + 7) Realização de trabalhos de grupo, tendo por base estudos sobre a aplicação de novas práticas educativas no processo de ensino aprendizagem: • Enquadramento Teórico; • Planificação de aulas de diversos graus de ensino numa lógica de cooperação e trabalho de equipa, promovendo uma escola inclusiva; • Construção dos respetivos materiais pedagógicos utilizando objetos de uso comum e recicláveis; - Apresentação dos trabalhos; - Análise e debate sobre os mesmos; - Reflexão sobre a formação: auto e heteroavaliação.

Metodologias

As sessões serão desenvolvidas através da exposição de conteúdos, debates entre os participantes e análise de situações concretas, propostas pelo formador ou pelos formandos. As primeiras 12 h serão teóricas/práticas, de forma interativa com os formandos. Nos restantes módulos, os formandos realizarão um trabalho de grupo, com o desenvolvimento de metodologias de ensino, com a supervisão e cooperação do formador, sendo facultados alguns materiais bibliográficos e pedagógicos. Apresentação dos trabalhos, observando-se as seguintes etapas: Exposição teórica dos conteúdos, pretendendo-se assim desenvolver e tratar aspetos teóricos relacionados com a temática da ação; Debate sobre situações reais de reconhecida relevância pedagógica, relacionadas com as representações dos formandos; Reflexão conjunta sobre as práticas desenvolvidas e sistematização de conclusões. Elaboração de um documento escrito com a reflexão crítica individual.

Avaliação

A avaliação será contínua, individual e em grupo, privilegiando-se a assiduidade, participação e o desempenho dos formandos em cada uma das sessões efetuadas, bem como a pertinência e adequabilidade dos materiais produzidos, criatividade, organização, atualidade e apresentação os trabalhos, tendo em conta: 25% - Participação; realização das tarefas nas sessões conjuntas; assiduidade; pontualidade; 60% - Produção de trabalhos e de materiais didáticos, investigação e aplicação em contexto; 15% - Relatório reflexivo sobre o trabalho realizado. A classificação final resultará da média ponderada das classificações atribuídas aos itens anteriores. Escala de avaliação: Excelente – de 9 a 10 valores; Muito Bom – de 8 a 8,9 valores; Bom – de 6,5 a 7,9 valores; Regular – de 5,0 a 6,4 valores; Insuficiente – de 1,0 a 4,9 valores A aprovação da ação de formação dependerá da obtenção de classificação igual ou superior a 5 valores e da frequência mínima de 2/3 do total de horas conjuntas da ação.


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- Docentes de escolas de Viseu não associadas do Visprof 3 -Docentes de outras escolas. Dentro de cada critério: a) por proximidade de mudança de escalão; b) por ordem de inscrição.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 09-02-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
3 13-02-2023 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
4 16-02-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
5 23-02-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
6 25-02-2023 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
7 28-02-2023 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
8 03-03-2023 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial

Ref. 199Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 016 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 01-02-2023

Fim: 01-02-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária de Viriato

Formador

Marlene Cristina Mourato Paulo

Destinatários

Pessoal não docente;

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O stresse é um componente normativo no exercício de qualquer profissão, uma resposta eminentemente adaptativa na interação com o meio ambiente, resultante do desequilíbrio entre a perceção aumentada das exigências situacionais e a insuficiência dos recursos percecionados pelo próprio para enfrentar a situação, colocando em risco o seu bem-estar. Ao trabalhar a consciência metacognitiva, o mindfulness e autocompaixão, permitem, à pessoa, alcançar um conjunto de estratégias promotoras de uma maior saúde psicológica, bem-estar e resiliência. O Mindfulness ou Atenção Plena assenta no princípio de uma atenção profunda com vista a uma maior concentração no momento: pensamentos, sentimentos e sensações associados ao presente, sem julgamentos. A autocompaixão significa cuidar de si próprio e tratar-se com gentileza em situações difíceis, gerando um equilíbrio emocional promotor de uma melhor gestão de sentimentos e das circunstâncias que os rodeiam e favorecem o otimismo e a satisfação com a vida. Com esta ação pretende-se estimular o autocuidado e a autocompaixão no pessoal docente e não docente.

Conteúdos

1. A Autocompaixão 1.1 Como pode a Autocompaixão ser útil no dia-a-dia - Exercícios práticos 2.Mindfulness: Cultivar o Estar no presente 2.2. Identificar estratégias para utilizar o Mindfulness no quotidiano


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-02-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:00 2:30 Presencial

Ref. 198Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 015 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 01-02-2023

Fim: 01-02-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária de Viriato

Formador

Marlene Cristina Mourato Paulo

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O stresse é um componente normativo no exercício de qualquer profissão, uma resposta eminentemente adaptativa na interação com o meio ambiente, resultante do desequilíbrio entre a perceção aumentada das exigências situacionais e a insuficiência dos recursos percecionados pelo próprio para enfrentar a situação, colocando em risco o seu bem-estar. Ao trabalhar a consciência metacognitiva, o mindfulness e autocompaixão, permitem, à pessoa, alcançar um conjunto de estratégias promotoras de uma maior saúde psicológica, bem-estar e resiliência. O Mindfulness ou Atenção Plena assenta no princípio de uma atenção profunda com vista a uma maior concentração no momento: pensamentos, sentimentos e sensações associados ao presente, sem julgamentos. A autocompaixão significa cuidar de si próprio e tratar-se com gentileza em situações difíceis, gerando um equilíbrio emocional promotor de uma melhor gestão de sentimentos e das circunstâncias que os rodeiam e favorecem o otimismo e a satisfação com a vida. Com esta ação pretende-se estimular o autocuidado e a autocompaixão no pessoal docente e não docente.

Conteúdos

1. A Autocompaixão 1.1 Como pode a Autocompaixão ser útil no dia-a-dia - Exercícios práticos 2.Mindfulness: Cultivar o Estar no presente 2.2. Identificar estratégias para utilizar o Mindfulness no quotidiano


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 01-02-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:00 2:30 Presencial

Ref. 205Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 018 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 30-01-2023

Fim: 30-01-2023

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Emídio Navarro

Formador

Maria Martins

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 30-01-2023 (Segunda-feira) 10:00 - 13:00 3:00 Presencial

Ref. 193Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 013 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 18-01-2023

Fim: 18-01-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Grão Vasco

Formador

Celeste Maria Soares Osório Torres de Almeida

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

1- Dar a conhecer as conclusões retiradas da atualização do estudo cientifico "A interação das famílias de alunos com DID com os professores/escola e suas perspetivas. 2- Analisar os resultados do estudo, à luz do atual quadro legal da Educação Inclusiva. 3- Implicações nas práticas pedagogical e didáticas dos docentes, ao nível da planificação, organização, gestão da sala de aula e avaliação.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 18-01-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial

Ref. 194Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 014 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 18-01-2023

Fim: 18-01-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas de Mundão

Formador

Maria Alexandrina Nery Duarte

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

Definição e origem do mindfulness. Benefícios do mindfulness. Pertinência do mindfulness na educação. Práticas formais e informais do mindfulness. Operacionalização da meditação mindfulness.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 18-01-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 18:30 2:30 Presencial

Ref. 200Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 017 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 17-01-2023

Fim: 24-01-2023

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Fernanda Maria Gama de Nóbrega Freitas

Destinatários

Docentes do Pré-Escolar e Professores dos 2º Ciclo e 3º Ciclo do Agrupamento de Mundão.

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes do Pré-Escolar e Professores dos 2º Ciclo e 3º Ciclo do Agrupamento de Mundão.. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Docentes do Pré-Escolar e Professores dos 2º Ciclo e 3º Ciclo do Agrupamento de Mundão..

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

O Projeto "Ciência, manifesta-te com todos e para todos", que o Agrupamento de Escolas se propõe dinamizar, constitui a resposta ao repto lançado pelo Ministério da Educação e o Centro de Ciência Viva de Portugal, para a criação de clubes Ciência Viva no âmbito do PRR.

Conteúdos

Metodologias STEM e STEAM. Inquiry based learning. Design thinking. Exemplos de aulas com aplicação das metodologias anteriores.


Observações

Limite de 30 formandos

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 17-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Online síncrona
2 24-01-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Online síncrona

Ref. 136Turma 2 Concluída

Registo de acreditação: ACD 009 2021/2022

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 04-01-2023

Fim: 04-01-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Viseu Norte

Formador

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Avaliadores Externos do CFAE Visprof

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 04-01-2023 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial

Ref. 189Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 012 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 07-12-2022

Fim: 07-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Grão Vasco

Formador

Maria Helena Ferreira Saraiva

Miriam de Brito e Melo Azevedo

Destinatários

Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores da Educação Especial;.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

As Tecnologias de Apoio (TA) para a Educação Inclusiva são recursos que ajudam a diminuir o hiato entre as capacidades de um criança/aluno com deficiência e/ou incapacidade e as exigências colocadas por uma atividade no contexto em que se realiza. Trata-se de um qualquer dispositivo, equipamento ou sistema, usado para manter e/ou melhorar a autonomia de cada criança/aluno, podendo ser adaptado a cada caso específico. Será feita uma abordagem a meios de acesso ao hardware/software, assim como a apresentação de alguns recursos para o desenvolvimento da comunicação e aprendizagem


Observações

Critérios de seleção: 1.º Docentes da Educação Especial da área de influência do CRTIC Viseu. 2.º Docentes da Educação Especial do AE Grão Vasco; 3.º Docentes de outras unidades orgânicas da área de influência do VISprof; POR ORDEM DE INSCRIÇÃO

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-12-2022 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 187Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 010 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 06-12-2022

Fim: 06-12-2022

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Isabel Cascão

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Conteúdos

Discutir o proposito, potencialidades e desafios da implementação da tutoria em contexto escolar. Conhecer os atributos e competências do tutor contemplados no Despacho Normativo nº10-B/2018, no seu artigo 12.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 06-12-2022 (Terça-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona

Ref. 204Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-118609/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 06-12-2022

Fim: 27-01-2023

Regime: Presencial

Local: Pavilhão IPV

Formador

Tadeu Ferreira de Sousa Celestino

Destinatários

Professores de Educação Física (grupos 260 e 620)

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores de Educação Física (grupos 260 e 620). Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores de Educação Física (grupos 260 e 620).

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A escola inclusiva desafia os docentes, e particularmente os professores de educação física (EF), a atuar em novos contextos por forma a dar a resposta a todos os alunos. Diversas investigações alertam-nos para as dificuldades que muitos professores de EF ainda sentem para desenvolver processos inclusivos. Com efeito, é muito comum, estes docentes, interrogarem-se sobre: Como posso incluir todos os alunos nas aulas? Que fazer para garantir que a aula seja acessível para todos? Como adaptar para melhor incluir todos? Por outro lado, neste contexto, escasseiam a formação específica de carácter eminentemente prático, que permitam aos docentes a atualização de conhecimentos e o desenvolvimento de competências metodológicas de intervenção.

Objetivos

Objetiva-se que os formandos no final da ação sejam capazes de: Promover os valores inclusivos como requisito à inclusão em educação física; Desenvolver atitudes e valores relativos para a compreensão e aceitação da diversidade, como ferramenta catalisadora da inclusão em educação física e no desporto escolar; Identificar as principais características do “Professor de Educação Física Inclusivo”; Conhecer os principais modelos de inclusão em educação física e desporto; Conhecer as principais estratégias de adaptação facilitadoras da inclusão em educação física e desporto escolar; Desenvolver competências de planeamento, organização e intervenção adequadas em função das características de cada aluno.

Conteúdos

Na ação desenvolver-se-ão os seguintes conteúdos: 1. Problemáticas de inclusão em contexto escolar: classificação e etiologia, caracterização do perfil funcional (1h teórica); 2. O perfil do professor de educação física inclusivo como modelador da inclusão (1h teórica); 3. O Desenho Universal para a Aprendizagem (DUA) em educação física e desporto escolar (1 hora teórica e 1 hora prática); 4. Como Incluir em Educação Física e Desporto Escolar (2 horas teóricas e 8 horas práticas)  Modelos de inclusão em educação física e desporto: o Contínuo de integração o Espectro de inclusão o Roda de inclusão 5. Como Adaptar em Educação Física e Desporto Escolar (2 horas teóricas e 8 horas práticas)  Modelos de inclusão nas atividades físicas e desportivas: o O modelo STEP o Modelo TREE o Modelo CHANGE IT o Modelo CRIE 6. Estratégias de inclusão em educação física (1 hora teórica) o Tutoria de pares o Aprendizagem cooperativa em educação física

Metodologias

A ação será operacionalizada tendo por princípio o desenvolvimento da intencionalidade inclusiva no professor como alicerce base. Deste modo, as sessões serão de natureza presencial materializadas, essencialmente, em duas componentes de operacionalização: i) de cariz teórico, que incidirá sobre os diversos pontos previstos nos conteúdos da ação, e na qual se pretende criar um espaço de partilha de conhecimentos, experiências e debate que servirá de pré-requisito à componente prática; e ii) de natureza, eminentemente, prática, alicerçada nos conceitos de inclusão inversa e de aprendizagem em contexto, na qual se procura proporcionar aos formandos vivências de ensino e de prática orientada.

Avaliação

A avaliação dos formandos no curso de formação, para além do cumprimento das orientações legais, terá por base a qualidade e adequação da implementação de uma proposta de situação prática de aprendizagem (sessão de aula). Será ainda parte integrante desta avaliação, para além da planificação da aula, um relatório crítico final subordinado à temática desenvolvida. Os instrumentos produzidos serão avaliados numa escala quantitativa de 1 a 10 valores conforme indicado na Carta Circular CCPFC-3/setembro, com a seguinte ponderação: 1) Qualidade do trabalho desenvolvido autonomamente 60% (inclui a participação e intervenção nas sessões (20%), construção e fundamentação do plano de aulas (30%) e apresentação e adequação das atividades práticas, no contexto da EF Inclusiva (50%); 2) Relatório crítico individual – 40%.

Bibliografia

Campos, M.J. (2019). “CRIE”… Because all children need to play! Desporto e Atividade Física para Todos – Revista Científica da FPDD, 5(1), 21-28.Celestino, T., Pereira, A., & Ribeiro, E. (2021). Perfil do Professor de Educação Física Inclusivo: Contributos para uma reflexão. Journal: Journal of Sport Pedagogy & Research, 7(4), 14-22.Lieberman, L., & Houston-Wilson, C. (2009). Strategies for inclusion: a handbook for physical educators (2ª ed). Champaign, IL: Human Kinetics.Moniz Pereira, L. (Ed.) (2017). Desporto com sentido – Manuais de Desporto Adaptado (2ª ed). Seixal: APCAS.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 09-12-2022 (Sexta-feira) 18:30 - 22:00 3:30 Presencial
2 07-01-2023 (Sábado) 09:00 - 16:30 7:30 Presencial
3 20-01-2023 (Sexta-feira) 18:30 - 22:00 3:30 Presencial
4 21-01-2023 (Sábado) 09:00 - 16:30 7:30 Presencial
5 28-01-2023 (Sábado) 09:00 - 17:00 8:00 Presencial

Ref. 188Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 011 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 02-12-2022

Fim: 02-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Infante D.Henrique

Formador

Anabela de Oliveira Duarte da Cruz Carvalho

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 09-11-2022 (Quarta-feira) 15:30 - 18:30 3:00 Presencial

Ref. 186Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 09 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 30-11-2022

Fim: 30-11-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Grão Vasco

Formador

Isabel Maria Lopes Neto

Destinatários

Professores da Educação Especial; Professores de Cidadania e Desenvolvimento

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A Escola desempenha um papel essencial na sensibilização da comunidade escolar para a enorme relevância dos Direitos Fundamentais do Ser Humano e na consciencialização para uma maior atitude cívica por parte de cada um dos seus membros. É seu compromisso enaltecer os inerentes valores do ser humano com a prática da inclusão e da equidade, rejeitando a superioridade e a indiferença. Neste sentido de responsabilização na aplicação da "máxima" TODOS DIFERENTES, TODOS IGUAIS e no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (dia 3 de dezembro) e do Dia Internacional dos Direitos Humanos (dia 10 de dezembro), o grupo de Educação Especial 910, em colaboração com os grupos 920 e 930 e os professores da Cidadania e Desenvolvimento, propõe dinamizar algumas atividades com o propósito de sensibilizar a comunidade educativa para que esta seja mais interventiva na promoção e defesa dos Direitos Humanos e promotora de uma escola mais inclusiva e equitativa de qualidade onde TODOS tenham as mesmas oportunidades de aceder às aprendizagens ao longo da vida em prol da sua plena inclusão social.

Conteúdos

•Educar para a "Cidadania Global". •Consciencializar para a responsabilidade individual e coletiva na promoção dos direitos humanos de todas as pessoas, e no respeito pelas diferentes formas de pensar e sentir; •Aumentar a consciência dos benefícios trazidos pela inclusão das pessoas com deficiência em cada aspeto da vida política, social, económica e cultural. •Reduzir comportamentos discriminatórios.


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 30-11-2022 (Quarta-feira) 15:00 - 18:00 3:00 Presencial

Ref. 184Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 007 2022/23

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 24-11-2022

Fim: 24-11-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Ana Mafalda Melo e Silva de Almeida Ribeiro

Sérgio Félix

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Esta ação de formação foi criada com o objetivo de dar a conhecer o projeto e a plataforma “Descobre e Aprende em Viseu Dão Lafões”. O projeto consistiu na identificação de locais e experiências com interesse e relevância pedagógica nos 14 municípios do território de Viseu Dão Lafões, para os quais foram elaborados guiões pedagógicos que podem ser utilizados pelos docentes de todos os níveis de ensino e áreas disciplinares. Esta ação será dirigida aos educadores de infância e docentes do 1.º do Ensino Básico, com vista a que os docentes possam explorar e conhecer novos contextos de aprendizagem com os alunos.

Conteúdos

• Descobre e Aprende em Viseu Dão Lafões • Novos espaços e contextos de aprendizagem • Aprender em contexto e no território • As famílias à descoberta de Viseu Dão Lafões


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 24-11-2022 (Quinta-feira) 16:45 - 19:45 3:00 Presencial

Ref. 174Turma 3 Concluída

Registo de acreditação: ACD 001 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 24-11-2022

Fim: 24-11-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Infante D. Henrique

Formador

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 24-11-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial

Ref. 182Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117103/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 29-10-2022

Fim: 12-11-2022

Regime: Presencial

Local: Aula Magna do Instituto Politécnico de Viseu

Formador

Maria Martins

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Henrique Jorge de Almeida Carvalho

Olga Maria Coutinho de Oliveira Madanelo

Sónia Vanessa Santos Alves

Paulo Nuno Marques da Costa Antunes França

Maria João Oliveira Lopes Costa

Jorge Manuel Torres de Azevedo

Helder Miguel Graça Fernandes

Fernando Jorge Bastos dos Santos de Lima

Ana da Piedade Guerreiro Madeira Elias Pinheiro

Cristina da Conceição de Almeida Reis

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Paula Gracinda Arnaud Monteiro Dias

Paula Cristina Santos Ferreira

José Pereira de Sousa

Victor Manuel da Rocha Pinto

Ana Maria Bernardes Pereira

Carlos Manuel Martins Correia

Destinatários

Docentes do Pré-Escolar, dos Ensinos Básico, Secundário e Profissional e docentes de Educação Especial.

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes do Pré-Escolar, dos Ensinos Básico, Secundário e Profissional e docentes de Educação Especial.. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Docentes do Pré-Escolar, dos Ensinos Básico, Secundário e Profissional e docentes de Educação Especial..

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Os desafios atuais apontam para a necessidade do reconhecimento de outras formas de educação e de outras possibilidades de construir o conhecimento. As escolas vivem hoje o desafio da mudança das suas práticas de organização pedagógica, de alteração da gestão da organização do espaço e do tempo pedagógicos, de pensar a escola e a sala de aula como uma comunidade de aprendizagem com o objetivo de construção de uma Escola Para Todos. Esta formação pretende promover uma reflexão aprofundada sobre as mudanças preconizadas no que respeita à exigência de construção de novas e diversificadas formas de gestão e de desenvolvimento do currículo.

Objetivos

Potenciar a criação de dinâmicas de partilha e de trabalho colaborativo que favoreçam a gestão flexível e contextualizada do currículo, integrando práticas de ensino e aprendizagem centradas no aluno, orientadas para as áreas de competências do Perfil do Aluno; Reforçar a importância das comunidades de prática, com profissionais comprometidos com a inovação e a melhoria da ação educativa Promover o desenvolvimento de práticas de organização e gestão do ensino em função das aprendizagens, a partir da implementação de processos de diferenciação e adequação pedagógica Promover uma avaliação ao serviço da melhoria das aprendizagens- Identificar e partilhar práticas educativas inovadoras e potenciadoras de mais e melhores aprendizagens; Apresentar e discutir estratégias de diversificação curricular que contribuam para uma escola inclusiva'

Conteúdos

Formação desenvolvida no formato de sessões plenárias/conferências, durante dois dias: 1º DIA 29 de outubro (8 horas) Conferência 1 (2 h): Do nó cego ao nó górdio - lideranças, participação e sucesso educativo. Conferência 2 (2 h): Recuperar incluindo Conferência 3 (2 h): Formação de professores: Caminhos e desafios Conferência 4 (2 h): O Bem-estar dos professores e a Qualidade do Trabalho Docente. 2º DIA 12 de novembro (7 horas) Conferência 5 (2 h): Capacitar para avaliar: Integração de Ensino, Aprendizagem e Avaliação. Conferência 6 (1,5 h): As tecnologias como Recurso Educativo. Conferência 7 (2 h): Aprendizagens essenciais da Matemática no Ensino Básico. Conferência 8 (1,45 h): Avaliação de Processos Educativos.

Metodologias

Esta formação será desenvolvida na forma de 8 sessões plenárias/conferências (seis conferências de 2 horas e duas de 1,5 horas). As sessões plenárias/conferências, presenciais e de caracter teórico-prático-reflexivo, terão um formato comum de desenvolvimento que a seguir se apresenta: numa primeira parte, a partir da atualização de informação e potenciando uma atitude proativa por parte dos docentes, será feito um enquadramento teórico e concetual da temática em análise (duração de 1 hora). Segue-se a apresentação de exemplos práticos e de documentos, materiais e recursos, a partir de experiências de várias escolas e professores. Cada sessão finaliza-se com um espaço de reflexão conjunta, de avaliação do trabalho realizado, de questionamento, de construção e partilha: de visões, receios, expectativas dos professores, projetos e ideias (segunda parte 1h nas sessões de 2h e 30 minutos nas de 1,5horas).

Avaliação

Escala de avaliação de 1 a 10 valores de acordo com o ECD e com as cartas circulares 3/2007 e 1/2008 do CCPFC. A aprovação na ação dependerá da obtenção de classificação igual ou superior a 5 valores e da frequência mínima de 2/3 do total de horas conjuntas da Ação. Relatório crítico centrado nas temáticas da formação

Bibliografia

MEC (2021). Resolução do Conselho de Ministros n.º 90/2021. Lisboa. MECNÓVOA, A.Alvim, Y. (2022). Escolas e Professores. Proteger, Transformar, Valorizar. Salvador, BaihaUNESCO (2022). REPENSER NOS FUTURES ENSEMBLE. Un nouveau contrat social pour l´education. Paris, ONU.Cosme, A. (2009). Ser professor: a acção docente como uma acção de interlocução qualificada. Porto: Livpsic.Roldão, M. C., Almeida, S. (2018). Gestão Curricular Para a Autonomia das Escolas e Professores. Ministério da Educação / Direção-Geral da Educação (DGE).

Anexo(s)

Cartaz e Programa do 4º Ciclo de Conferências Inovar em Educação: Melhorar as Práticas Educativas


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- Docentes de escolas de Viseu não associadas do Visprof 3 -Docentes de outras escolas. Dentro de cada critério: a) por proximidade de mudança de escalão; b) por ordem de inscrição.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 29-10-2022 (Sábado) 08:30 - 13:00 4:30 Presencial
2 29-10-2022 (Sábado) 14:30 - 18:00 3:30 Presencial
3 12-11-2022 (Sábado) 08:30 - 13:00 4:30 Presencial
4 12-11-2022 (Sábado) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 174Turma 2 Concluída

Registo de acreditação: ACD 001 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 19-10-2022

Fim: 19-10-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas de Mundão

Formador

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 19-10-2022 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial

Ref. 185Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 008 2022/23

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 11-10-2022

Fim: 11-10-2022

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária de Viriato

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

Esta iniciativa pretende capacitar o público-alvo com estratégias e “ferramentas” que lhe possibilitem lidar de forma mais positiva e eficaz com os desafios que enfrentam na educação das crianças.

Conteúdos

– Que adolescente fui? E que adolescentes temos? – "Desenhando" o adolescente – 3 crenças essenciais versus 3 crenças limitadoras – O icebergue do comportamento – As 3 fases da adolescência – O Cérebro do Adolescente – De que lado estamos? – Como estimular o cérebro do adolescente? – Que legado queremos deixar? – Principais desafios de educar adolescentes (dúvidas & questões)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 11-10-2022 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial

Ref. 178Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 005 2022/23

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 13-09-2022

Fim: 13-09-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Viseu Norte

Formador

Ana Mafalda Melo e Silva de Almeida Ribeiro

Sérgio Félix

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 13-09-2022 (Terça-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 175Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 002 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 12-09-2022

Fim: 14-09-2022

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Alves Martins

Formador

José António Marques Moreira

Destinatários

Professores do grupo 510 da Escola Secundária Alves Martins;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 12-09-2022 (Segunda-feira) 15:00 - 18:00 3:00 Presencial
2 14-09-2022 (Quarta-feira) 15:00 - 18:00 3:00 Presencial

Ref. 176Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 003 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 09-09-2022

Fim: 09-09-2022

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Isabel Cascão

Destinatários

Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 09-09-2022 (Sexta-feira) 10:00 - 13:00 3:00 Online síncrona

Ref. 174Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 001 2022/2023

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 05-09-2022

Fim: 05-09-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas do Viso

Formador

Joaquim Henrique de Oliveira Simões

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 05-09-2022 (Segunda-feira) 15:30 - 18:30 3:00 Presencial

Ref. 177Turma1 Concluída

Registo de acreditação: ACD 004 2022/23

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 05-09-2022

Fim: 05-09-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Infante D.Henrique

Formador

Ana Mafalda Melo e Silva de Almeida Ribeiro

Sérgio Félix

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo;

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 05-09-2022 (Segunda-feira) 10:00 - 13:00 3:00 Presencial

Ref. 120Turma 15 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117455/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 24-03-2022

Fim: 09-06-2022

Regime: b-learning

Local: Plataforma Microsoft TEAMS

Formador

Nuno Miguel Martins Barros

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril de 2023 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- por proximidade de mudança de escalão; 3- por ordem de inscrição. As sessões presenciais irão realizar-se nas Unidades Orgânicas que integram o Visprof, a divulgar oportunamente.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 31-03-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
2 02-04-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
3 28-04-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 30-04-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
5 12-05-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
6 14-05-2022 (Sábado) 09:00 - 13:00 4:00 Online síncrona
7 02-06-2022 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
8 27-06-2022 (Segunda-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
9 30-06-2022 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona


87

Ref. 155Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-114374/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 30.0 horas (15.0 horas presenciais + 15.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 14-03-2022

Fim: 09-05-2022

Regime: Presencial

Local: Plataforma ZOOM

Formador

Ana Margarida Mendes Mineiro Domingues

Destinatários

Professores do 1º Ciclo;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º Ciclo;. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º Ciclo;.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Razões

A Educação em Empreendedorismo implica um novo olhar sobre a escola e as várias formas de ensino/aprendizagem. É necessário fomentar nos alunos um espírito de criatividade, trabalho em equipa e proatividade, paralelamente às aprendizagens que advêm dos programas curriculares. Esta formação tem assim como premissas: • Promover competências empreendedoras, conjugando-as com as aprendizagens curriculares; • Conhecer modelos de educação experimental baseados na educação em empreendedorismo. Compreende-se que a Educação em Empreendedorismo, potenciará de forma estruturante, as aprendizagens adquiridas pelos alunos, pelo que, o desenvolvimento de competências intrínsecas a um perfil empreendedor, revela potenciar um conjunto de capacidades que os levem a serem mais reflexivos, defensores dos seus ideais, capazes de ter novas ideias e novas soluções.

Objetivos

Esta oficina pretende sensibilizar para uma nova realidade que será a curto prazo emergente no sistema educativo, capacitando os professores do 1º Ciclo do Ensino Básico para potenciar nos seus alunos competências empreendedoras, explorando a metodologia de ensino “learning by doing”, a mais indicada e utilizada para o ensino/aprendizagem desta temática e, criando uma interligação entre a temática e o currículo formal. Os objetivos desta oficina são:  Sensibilizar para a importância do empreendedorismo no mundo actual;  Desenvolver e implementar, com os professores, atividades que permitam descobrir e potenciar o espírito empreendedor dos alunos;  Explorar ferramentas pedagógicas para a elaboração de programas e planificação de aulas;  Conceber um projeto-turma que interligue os conteúdos do curriculo formal e a promoção de competencias empreendedoras.

Conteúdos

SESSÕES DE TRABALHO PRESENCIAL (15 HORAS) Bloco1 – Conceito de empreendedorismo e o seu papel no contexto atual; Apresentação do programa de empreendedorismo para o 1º Ciclo do Ensino Básico Dinâmicas de grupo para a criação um ambiente de confiança e partilha entre os formandos e autoavaliação das suas características empreendedoras. Atividades “anatomia do empreendedor” - o perfil e características de um empreendedor. Sensibilização para a importância do empreendedorismo no século XXI. A compreensão do papel dos empreendedores na sociedade. Bloco 2 – O entrosamento da temática de educação em empreendedorismo e o as orientações programáticas do 1ºCiclo do Ensino Básico A ligação entre o empreendedorismo e qualquer área curricular e o forte apoio que este poderá dar na aquisição de conhecimentos bem como na assimilação de conteúdos assentes numa base experimental e que se baseiam em situações reais. Bloco 3 – O perfil empreendedor, criatividade, comunicação como temáticas estruturais no processo empreendedor; Educação em Empreendedorismo Aprofundar a compreensão dos professores do 1º CEB sobre a relevância da temática do empreendedorismo para todos, de modo a mobilizá-los para uma intervenção inovadora no ensino do empreendedorismo nas suas escolas. Introdução ao modelo de ensino do empreendedorismo - “Modelo de ensino learning by doing” - atividades para a compreensão do modelo e suas diferentes fases. Aplicação do Modelo de Empreendedorismo da CGI na conceção de atividades de empreendedorismo. Realização de simulações com vista a treinar diferentes dinâmicas e estratégias comunicativas. Bloco 4 – A relevância do desenvolvimento de competências empreendedoras para o desenvolvimento do aluno Introdução de estratégias pedagógicas no desenvolvimento do projeto e promoção de competências base para o desenvolvimento do perfil empreendedor como: criatividade, iniciativa, trabalho em equipa, resolução de problemas, entre outros. Bloco 5 – O empreendedorismo na prática – preparação e acompanhamento dos professores para os momentos altos Nesta etapa pretende-se ajudar os professores a dar forma aos conteúdos trabalhados, apoiando-os no desenvolvimento do momento alto e gerindo expetativas relativamente ao desenvolvimento do mesmo. Serão abordados alguns conceitos como planeamento, estratégias de comunicação e divulgação. SESSÕES DE TRABALHO AUTÓNOMO (15 HORAS) O trabalho autónomo pretende que os professores tenham oportunidade de implementar as diferentes metodologias, estratégias e ferramentas apreendidas no decorrer da Oficina de Formação em trabalho presencial. Cada docente deve implementar um projeto-turma, ou seja, um projeto de educação em empreendedorismo que se interliga com os conteúdos programáticos das diferentes disciplinas, por nível de ensino. Cada projeto-turma é composto por 15 atividades e permitirá ao professor promover junto dos seus alunos as principais competências, pessoais e sociais, inerentes a um perfil empreendedor. Para além disso, estas atividades têm simultaneamente como objetivo, levar a turma a desenvolver um projeto que dê a oportunidade aos alunos de demonstrarem as suas aprendizagens e ter uma experiência empreendedora diferente daquelas a que estão habituados. No desenvolvimento do projeto os professores poderão utilizar os materiais pedagógicos que lhe serão fornecidos e as sessões serão dinamizadas de acordo com o edital do ME- DGIDC para o empreendedorismo.

Metodologias

SESSÕES DE TRABALHO PRESENCIAL (15 HORAS) As sessões serão teórico-práticas e práticas com métodos expositivos, interrogativos e ativos, recorrendo a diferentes estratégias pedagógicas: trabalho intra e inter grupos, resolução de problemas, roll play e jogos pedagógicos. Aos professores poderão analisar a pertinência desta temática no contexto educativo e junto dos alunos. As sessões presenciais visam capacitar os professores na temática e levá-los a descobrir o seu perfil empreendedor, explorando e partilhado conteúdos, conhecimentos e atividades que eles possam depois desenvolver e implementar com os alunos.

Avaliação

Os formandos serão classificados de 1 a 10, com a menção qualitativa de: • 1 a 4,9 valores – Insuficiente; • 5 a 6,4 valores – Regular; • 6,5 a 7,9 valores – Bom; • 8 a 8,9 valores – Muito Bom; • 9 a 10 valores – Excelente. Os formandos serão sujeitos a uma avaliação contínua por observação e ainda a realização de um relatório final, onde constem as evidências do trabalho que desenvolveram e uma reflexão do mesmo. Os critérios a utilizar são: • Domínio dos conhecimentos • Evolução da aprendizagem • Participação e empenho nas atividades • Responsabilidade e autonomia no desenvolvimento do projeto • Relações interpessoais • Transfere ou generaliza os saberes adquiridos a novas situações • Organização e planeamento do projeto e respetivos momentos Estes critérios incidirão nos seguintes parâmetros: PARTICIPAÇÃO no Trabalho Presencial – 50% • Interesse e empenho (20 %) • Participação ativa e domínio dos conteúdos (30%) TRABALHO DESENVOLVIDO COM OS ALUNOS – 50% • Dinamização das sessões de empreendedorismo junto dos alunos (35%) • Envolvimento e empenho no apoio ao momento de apresentação do projeto (15%)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 14-03-2022 (Segunda-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
2 21-03-2022 (Segunda-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
3 28-03-2022 (Segunda-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
4 04-04-2022 (Segunda-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
5 09-05-2022 (Segunda-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona

Ref. 103Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-112269/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 23-10-2021

Fim: 06-11-2021

Regime: e-learning

Local: Plataforma Microsoft Teams

Formador

Amandio de Carvalho Marques

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Maria Martins

Sónia Alexandra Machado Alves

Fernando Jorge Bastos dos Santos de Lima

Ilda Maria Coelho Lopes da Cunha

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial.Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial.No âmbito do Despacho n.º 2053/2021, publicado a 17 de fevereiro/21 a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente..

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Objetivos

- Reforçar o desenvolvimento de comunidades de prática, através da partilha e reflexão em torno de estratégias de intervenção em sala de aula; -Potenciar a criação de dinâmicas de trabalho colaborativo que favoreçam a gestão flexível e contextualizada do currículo, integrando práticas de ensino e de aprendizagem centradas no aluno, orientadas para as áreas de competências do perfil dos alunos â saída da escolaridade obrigatória; - Promover a partilha de práticas inovadoras desenvolvidas pelas escolas do Concelho, nomeadamente em ambientes de ensino à distância; - Promover o desenvolvimento de processos de diversificação curricular e diferenciação pedagógica que promovam o acesso ao currículo por parte de todos os alunos. - Promover o desenvolvimento de práticas de organização e gestão do ensino em função das aprendizagens, a partir da implementação de processos de diferenciação pedagógica; - Promover a implementação de práticas de avaliação ao serviço da melhoria das aprendizagens.

Metodologias

Esta formação será desenvolvida na forma de sessões plenárias/conferências durante dois dias

Avaliação

Escala de avaliação de 1 a 10 valores de acordo com o ECD e com as Cartas Circulares 3/2007 e 1/2008 do CCPFC.

Modelo

https://drive.google.com/folderview?id=1lLMbaSL2tbexokN5A6ZrFN7aVVC33hon

Anexo(s)


Observações

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- Docentes de escolas de Viseu não associadas do Visprof 3 -Docentes de outras escolas. Dentro de cada critério: a) por proximidade de mudança de escalão; b) por ordem de inscrição.

Critérios de seleção: 1- Docentes de escolas associadas do Visprof; 2- Docentes de escolas de Viseu não associadas do Visprof; 3 -Docentes de outras escolas. Dentro de cada critério: a) por proximidade de mudança de escalão; b) por ordem de inscrição.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 23-10-2021 (Sábado) 08:30 - 13:00 4:30 Online síncrona
2 23-10-2021 (Sábado) 14:30 - 17:30 3:00 Online síncrona
3 06-11-2021 (Sábado) 08:30 - 13:00 4:30 Online síncrona
4 06-11-2021 (Sábado) 14:30 - 17:30 3:00 Online síncrona

Ref. 127Turma 5 Concluída

Registo de acreditação: DGAE/547/2020

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 10-09-2021

Fim: 25-02-2022

Regime: Presencial

Local: Plataforma Microsoft Teams

Formador

Maria Martins

José Bernardino Seixas Marques

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 10-09-2021 (Sexta-feira) 16:00 - 18:00 2:00 Online síncrona
2 29-12-2021 (Quarta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Online síncrona
3 29-12-2021 (Quarta-feira) 14:31 - 16:30 1:59 Online síncrona

Ref. 127Turma 4 Concluída

Registo de acreditação: DGAE/547/2020

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 09-09-2021

Fim: 25-02-2022

Regime: Presencial

Local: Plataforma Microsoft Teams

Formador

Maria Martins

José Bernardino Seixas Marques

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 09-09-2021 (Quinta-feira) 16:00 - 18:00 2:00 Online síncrona
2 28-12-2021 (Terça-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Online síncrona
3 28-12-2021 (Terça-feira) 14:30 - 16:30 2:00 Online síncrona

Ref. 127Turma 3 Concluída

Registo de acreditação: DGAE/547/2020

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 08-09-2021

Fim: 25-02-2022

Regime: Presencial

Local: Plataforma Microsoft Teams

Formador

Maria Martins

José Bernardino Seixas Marques

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 08-09-2021 (Quarta-feira) 16:00 - 18:00 2:00 Online síncrona
2 27-12-2021 (Segunda-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Online síncrona
3 27-12-2021 (Segunda-feira) 14:30 - 16:30 2:00 Online síncrona

Ref. 127Turma 2 Concluída

Registo de acreditação: DGAE/547/2020

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 07-09-2021

Fim: 25-02-2022

Regime: Presencial

Local: Plataforma Microsoft Teams

Formador

Maria Martins

José Bernardino Seixas Marques

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 07-09-2021 (Terça-feira) 16:00 - 18:00 2:00 Online síncrona
2 23-12-2021 (Quinta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Online síncrona
3 23-12-2021 (Quinta-feira) 14:30 - 16:30 2:00 Online síncrona

Ref. 127Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: DGAE/547/2020

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 25-02-2022

Regime: Presencial

Local: Plataforma Microsoft Teams

Formador

Maria Martins

José Bernardino Seixas Marques

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

CENTRO DE FORMAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE VISEU - VISPROF


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 03-09-2021 (Sexta-feira) 16:00 - 18:00 2:00 Online síncrona
2 22-12-2021 (Quarta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Online síncrona
3 22-12-2021 (Quarta-feira) 14:30 - 16:30 2:00 Online síncrona

Ref. 195Turma 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ENT-AE-1331/17

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 29-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)



Ref. 195Turma 2 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ENT-AE-1331/17

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 29-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)



Ref. 195Turma 3 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ENT-AE-1331/17

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 29-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)



Ref. 195Turma 4 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ENT-AE-1331/17

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 29-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)



Ref. 195Turma 5 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ENT-AE-1331/17

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 29-12-2022

Regime: Presencial

Local: Agrupamento Escolas Grão Vasco

Formador

Isabel Cristina Nogueira de Sousa Pereira

Fernando Luís Monteiro Bexiga

Destinatários

Assistentes Operacionais das escolas de Viseu

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas de Viseu - VISPROF

Anexo(s)