281

Manifesta-Te turma Turma 1

Apresentação

Esta formação do Plano Nacional das Artes apresenta um recurso pedagógico para a construção de um Manifesto. Pretende ser uma ferramenta para mobilizar as escolas e as comunidades, para trabalhar as questões da sustentabilidade, para uma educação para a cidadania. A realização de Manifestos tem o propósito de capacitar os professores para que junto dos jovens promovam uma atitude crítica, criativa e cívica. Nas escolas é preciso assumir o compromisso de dar voz às inquietações dos alunos, de atender à urgência da ação pelos desígnios do presente. Aprender a desenvolver projetos dirigidos para a consciência individual e pública, a apresentar e defender ideias, criando espaços de questionamento e liberdade, construindo manifestos que coloquem os jovens como agentes da mudança, pela sustentabilidade e pelo equilíbrio. O Plano Nacional das Artes quer contribuir para este propósito, acreditando que através das culturas e das artes temos um poderoso meio para unir pessoas e contribuir para a mudança — enquanto impulsionadoras de envolvimento e de sentido crítico. Fazer a diferença no modo de agir, criar empatia e sentido crítico, valorizando os processos criativos, contribuindo para o desenvolvimento das competências enunciadas no PASEO, através de um Manifesto — incentivar a participação ativa e tomar consciência da dimensão social dos problemas do presente, para fazer a diferença, para ajudar a criar um mundo melhor e mais justo.

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014.

Conteúdos

- Construção de um Manifesto como recurso pedagógico. - Manifestos; causas e defesas de direitos. - Manifestos para uma cidadania ativa e pela sustentabilidade; participação ativa e tomada de consciência da dimensão social dos problemas do presente — atitude crítica, criativa e cívica. - As culturas e as artes como poderoso meio para unir pessoas e contribuir para a mudança. - Linguagem gráfica e plástica na construção de um Cartaz-Manifesto.

Início: 21-02-2024
Fim: 21-02-2024
Acreditação: ACD 029 2023/2024
Modalidade: ACD
Pessoal: Docente
Regime: Presencial
Duração: 3 h
Local: Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea - Viseu